floquinhos

sexta-feira, 3 de abril de 2009

UM MOMENTO DE POESIA


DESILUSÃO

(Ana Martins)

Agora que o teu silêncio
Me devolveu a lucidez

Que sempre recusei,

Deixa-me cremar o tempo

Que cegamente a ti dediquei!

Deixa-me diluir nas sombras

Com a serenidade que me é permitida,

As mentiras que por mais que escondas

Fizeram parte da nossa vida.

Deixa-me viver serenamente

Sem a ansiedade de te ver chegar,

E na noite sorver consciente

A tua ausência no teu lugar!


(Com autorização da autora)

4 comentários:

António Silva disse...

Olá
Gostei! Vou passando... A música é demais! Desculpa a invasão mas… foi sem querer. Beijinhos. António

António Silva disse...

Olá Dulce!
Na realidade há momentos para tudo... Até para deixar um comentário na visita que, por acaso, fiz a este seu cantinho e que gostei... Creia que vou voltar. Beijos. António

Dulce disse...

Antonio,
Obrigada pela visita. Volte sempre.
bjs

Dulce disse...

Antonio
Bom que veio, obrigada pelo comentário, volte sim.
bjs