floquinhos

segunda-feira, 8 de junho de 2009

Em dia de saudade... Florbela Espanca



FUMO

Longe de ti são ermos os caminhos,
Longe de ti não há luar nem rosas,

Longe de ti há noites silenciosas,

Há dias sem calor, beirais sem ninhos!


Meus olhos são dois velhos pobrezinhos

Perdidos pelas noites invernosas...

Abertos, sonham mãos cariciosas,
Tuas mãos doces, plenas de carinhos!


Os dias são outonos: choram... choram...

Há crisântemos roxos que descoram...
Há murmúrios dolentes de segredos...

Invoco o nosso sonho! Estendo os braços!
E ele é, ó meu Amor, pelos espaços,

Fumo leve que foge entre os meus dedos!...

17 comentários:

Pitanga Doce disse...

"Em dia de saudade" e em todos os dias. Florbela Espanca sempre!

Hoje, até para escrever, está difícil. Os dedos emperram no teclado. Vou sair. Vou de encontro ao azul do céu.

Dulce disse...

Pitanga,

pois é, tem dias assim mesmo...
Hoje, se eu fosse escrever, agora, o texto seria só tristeza, saudade, ausência... então preferi ir buscar Florbela, que sempre fala por nós...
Beijos e bom passeio.

Pitanga Doce disse...

Gosto muito de Luiz Miguel!

Seu email é o que está no perfil?

LOURO disse...

Querida amiga Dulce:

Parabéns pela escolha!!!

belo soneto de Florbela Espanca...

Beijinhos decarinho e amizade,

Lourenço

Dulce disse...

Pitnaga,

É sim, esse é um dos meus e-mails.
Se quiser escrever, fique a vontade.
beijos

Dulce disse...

Obrigada, Lourenço

florbela é mesmo maravilhosa, sempre nos encanta.
beijinhos

Dulce

Isa disse...

Dulce,minha Amiga linda,belo o Soneto
de Florbela...
Notei uma leve nostalgia...
Para a ver sorrir envio-lhe um
carinhoso
Beijo.
isa.

Dulce disse...

Isa,

Obrigada minha amiga...
Pronto, já há um sorriso em meu rosto.
A nostalgia vai e vem, é inevitável, o importante e não deixar que ela se instale permanentemente em nós...
São momentos.

Beijos

Pitanga Doce disse...

Seguiu mail.

Boa tarde. Vou trabalhar.

Dulce disse...

Boa tarde, Pitanga

Bom trabalho

Agulheta disse...

Dulce! nada mais belo o soneto de Florbela,embora pense que algo de nostalgico paira no ar,mas assim somos todos. Deixo um leve sorriso de uma brisa serena e amizade,bela é a música de fundo.

Lisa

Dulce disse...

Lisa

Sempre há nostalgia no ar quando se está com Florbela... Uma leva à outra.
Obrigada pelo leve e belo sorriso da brisa e pela amizade..

Beijos

Dulce

Ana Martins disse...

Como a compreendo Dulce, também gosto muito de ler Florbela Espanca!

Beijinhos,
Ana Martins

Dulce disse...

Ana

Obrigada, amiga.
beijinhos e uma boa noite para você.

Dulce

Lourdes disse...

Dulce.
Florbela é maravilhosa a descrever a saudade. também gosto muito da sua poesia.
Um beijinho

Dulce disse...

Lourdes

A saudade, o amor, a mágoa... sentimentos que ela conheceu muito bem e tão bem descreveu.

Beijinho e uma boa noite para você.

Pitanga Doce disse...

Dulce cheguei agora e estou aqui a ouvir este "boleraço". La Barca!

Já festejei muito reveillon com esta música. Só rostinho colado...