floquinhos

quarta-feira, 24 de junho de 2009

Cecilia Meireles - Versinho


E minha alma, sem luz nem tenda,
passa errante, na noite má,
à procura de quem me entenda
e de quem me consolará...

2 comentários:

elvira carvalho disse...

E nem de propósito, hem? Aqui temos a Cecília...
Um abraço

Dulce disse...

é como eu disse, Elvira,
Cecília sempre pode ser encontrada por aqui...