floquinhos

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

MEUS POETAS DO CORAÇAO - Vinicius de Moraes


SONETO DA FIDELIDADE

De tudo ao meu amor serei atento
Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento.

Quero vivê-lo em cada vão momento
E em seu louvor hei de espalhar meu canto
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar ou seu contentamento

E assim, quando mais tarde me procure
Quem sabe a morte, angústia de quem vive
Quem sabe a solidão, fim de quem ama

Eu possa me dizer do amor (que tive):
Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure.


10 comentários:

Isa disse...

Parabéns pela escolha!
Belíssimo o poema dito,na canção,pelo próprio Vinicius.
As flores dão suavidade e ainda mais beleza!
Beijo.
isa.

Dulce disse...

bom dia Isa

Vinicius sempre encanta, em prosa e verso ou em melodia... Ideal para se começar a semana com poesia...
beijos

Adolfo Payés disse...

Un beso siempre con cariño, paso como siempre a disfrutar de tu blog..


Un abrazo
Con mis
Saludos fraternos
que tengas una feliz semana..

Graça Pereira disse...

Lindissimo poema sobre o amor e fidelidade e lindissima escolha de Vinicius... Que o amor "seja infinito enquanto dure"...Maravilha!!
Um beijo e uma boa semana
Graça

Dulce disse...

Obrigada, Graça
Boa semana para você tembém

beijos

Dulce disse...

Adolfo

Obrigrada. Muito bom ter você por aqui.
Beijos e boa semana para você também

Carlos Albuquerque disse...

Pronto, amiga Dulce!
Sempre batendo-me na alma com o Poetinha.
Dizer belo, chega?
Não, não chega, Vinicius é maior que todo o adjectivo que a gente encontre.
Beijos

Pitanga Doce disse...

Ó meu Deus, Dulce! Acertaste na mosca.

"Mas que seja infinto enquanto dure".

Ó sim!

Eu vou embora.

beijos em tarde sem definição.

Dulce disse...

Carlos Albuquerque

Pois é, meu amigo, Vinícius não tem mesmo um adjetivo à altura... Vinicius é a poesia...
Beijos e obrigada

Dulce disse...

Pitanga Doce

Minha amiga, Que digo agora??? Que há de durar muito, porque é belo, porque lhe preenche a alma...
Boa tarde, beijos...