floquinhos

terça-feira, 10 de novembro de 2009

MEUS POETAS DO CORAÇAO - Pablo Neruda


ME GUSTAS CUANDO CALLAS

Me gustas cuando callas porque estás como ausente,
Y me oyes desde lejos, y mi voz no te toca.
Parece que los ojos se te hubieran volado
Y parece que un beso te cerrara la boca.

Como todas las cosas están llenas de mi alma,
Emerges de las cosas, llena del alma mía.
Mariposa de sueño, te pareces a mi alma,
Y pareces a la palabra melancolía.

Me gustas cuando callas y estás como distante.
Y estás como quejándote, mariposa en arrullo.
Y me oyes desde lejos, y mi voz no te alcanza:
Déjame que me calle con el silencio tuyo.

Déjame que te hable también con tu silencio,
Claro como una lámpara, simple como un anillo.
Eres como la noche, callada y constelada.
Tu silencio es de estrella, tan lejano y sencillo.

Me gustas cuando callas porque estás como ausente.
Distante y dolorosa como si hubieras muerto.
Una palabra entonces, una sonrisa bastan,
Y estoy alegre, alegre de que no sea cierto.

23 comentários:

Fernanda disse...

Querida Dulce,

Quem não gosta de Neruda não gosta de poesia.

"Me gustas cuando callas porque estás como ausente,
Y parece que un beso te cerrara la boca."

Simplesmente fabulosa esta sua escolha, adorei e este poema eu não conhecia, por isso muito obrigada.

Beijinhos

Dulce disse...



Relutei um pouco em trazer Neruda porque acho que poesia, sempre que possivel, deve ser lida no idioma original e o blog nunca apresentou nada que não fosse em portugês,a não ser quando da morte de Mario Benedetti, mas Neruda falou mais alto e ai está, possivelmente abrindo caminho para Lorca, e outros mais...
Beijos e obrigada.

Lídia Borges disse...

Sempre imensa a poesia de Pablo Neruda...

É lindo este!

Um beijo

Graça disse...

Dulce,
quando na juventude me deram o Veinte poemas de amor y una canción desesperada, quem ficou 'desesperada' fui eu!!
Mas de emoção, encantamento, paixão... fiquei atônita.
'sou porque tu és'...
'dois amantes felizes não têm fim nem morte
são eternos como é a natureza
nascem e morrem tanta vez enquanto vivem'...

Neruda é um poeta completo,amiga, na minha opinião. Além do que o admiro por sua vida de diplomata, cônsul entre tantas outras realizações desse chileno danado de bom, uai.
Amei, amei, amei! Muito grata.
Poste mais, dele.
Um beijo!

Sonhadora disse...

Dulce
Não poderia ter escolhido melhor, Neruda é sempre Neruda.Maravilhoso.
Um beijo
Sonhadora

Dulce disse...

Graça

Na primeira vez que li Neruda também fiquei sem fôlego... Definiu bem, ele é (poetas são eternos) um poeta completo, sim.
Obrigada, beijos e boa noite

Dulce disse...

lidia Borges,

Obrigada. Beijos e boa noite para você.

Dulce disse...

Sonhadora

Obrigada. Também me comovo, me envolvo por sua poesia. Neruda é impar.
Beijos e obrigada.

Adolfo Payés disse...

Hermosa la poesía como siempre.. Neruda..


Que placer leerte siempre..

Un beso

Un abrazo
Saludos fraternos..

Dulce disse...

Adolfo

Neruda é sempre um alento para a alma.
Bom dia e obrigada pela presença.
beijos

Isa disse...

Bom Dia!
Sempre gostei de Neruda.Completo,esse
Ser de eleição.
Este poema é mais uma prova disso.
Hoje terei cá,se Deus quiser,a Maria.
É sempre um bálsamo para mim,que estou,tanto tempo sozinha.
O Sebastião está no Colégio e sinto imenso a falta dele.
Beijo.
isa.

Dulce disse...

Bom dia, Isa

Então vai ser um dia muito especial para essa carinhosa vovó. Dê um beijinho na Maria por mim.
Beijos, minha amiga.

Diario da Fafi disse...

Você fez certo em abrir excessão para o Neruda. Na arte não há muros erguidos, muito menos de linguagem...
Quando o que tem pra ser lido é uma poesia desse mote, tudo fica perfeito em qualquer língua.
Minha querida, queria te pedir desculpas por não ter pego meu selinho de aniversário, mas eu mudei de setor no trabalho e tive aluns problemas de " adapatção" digamos assim. Mas agora tudo está calmo de novo.Voltei para o meu lugar de origem, e poderei com mais frequencia visitar os amigos especiais como você.

Um beijo e meus parabéns atrasado.

Silvana Nunes .'. disse...

Que maravilha ser contemplada com Neruda logo cedinho.
beijo grande.

Dulce disse...

Fafi

A forma como Neruda foi recebido por aqui indica que o teremos muitas outras vezes entre nós aqui neste cantinho.
Fico feliz em saber que teremos sua presença mais vezes, você é muitissimo bem vinda, viu? Que bom que tudo ficou bem para você de novo.
Beijos e boa tarde.

Dulce disse...

Silvana Nunes

E é bom também te-la por aqui para ler Neruda conosco.
beijos

Joéliton dos Santos disse...

Oi...tudo bem?
Eu relancei meu livro no site Clube de Autores. Entre no site e adquira minha obra...É uma bela história, você vai gostar...No site tem mais informações. Copie e cole o link abaixo e confira esse novo sucesso..rs......abraçoss

http://clubedeautores.com.br/book/8217--Realizando_meu_sonho

PS:: Para comprar, é preciso realizar um cadastro no site.

Agulheta disse...

Querida Dulce! Eu adoro Neruda,mais um poema meu preferido, e aqui tem uma parte que adorei mais ainda

"Como todas las cosas están llenas de mi alma,
Emerges de las cosas, llena del alma mía.
Mariposa de sueño, te pareces a mi alma,
Y pareces a la palabra melancolía"

Beijinho no teu coração.Lisa

Dulce disse...

Agulheta

Lindo demais, não Lisa?
Versos que envolvem a alma, enchendo-a de ternura, de amor...
Beijos

ઇઉ Flor disse...

Olá Dulce. Seu cantinho é tão aconchegante, me senti tão bem, muito a vontade. Seu blog é todo encanto, suas poesias, tudo nos convida a voltar.
Hoje tive um dia tão agitado que quando ouvi seu Playlist, me senti tão bem. Apaixonei-me por Ella Fitzgerald que não conhecia.
Muito obrigada por essa emoção.
Estou te seguindo.
Parabéns pelo blog.
Um grande abraço.
Beijinhos...

Dulce disse...

Flor

Seja bem vinda, é um prazer recebe-la em meu cantinho. Obrigada, mesmo.
Estou duplamente feliz com sua chegada porque ganho uma nova amiga e completo minha primeira centena de seguidores! Vosê é a seguidora numero 100 e há um selinho especial comemorativo que o Em Prosa e Verso oferece a você. Pode leva-lo e, muito obrigada.

elvira carvalho disse...

Ai amiga Neruda... Parece que gostamos dos mesmos poetas.
Um abraço e bom fim de semana

Dulce disse...

Elvira

é verdade!... Mas Neruda é incontestável...
Bom final de semana para você também
Beijos