floquinhos

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Mario Quintana - Um poeta do coração


Os poemas

Os poemas são pássaros que chegam
não se sabe de onde e pousam
no livro que lês.
Quando fechas o livro, eles alçam vôo
como de um alçapão.
Eles não têm pouso
nem porto
alimentam-se um instante em cada par de mãos
e partem.
E olhas, então, essas tuas mãos vazias,
no maravilhoso espanto de saberes
que o alimento deles já estava em ti...

24 comentários:

Isa disse...

Que bom gosto,minha querida.
Visual muito bonito.
Parabéns pelo seu bom gosto.
Beijo.
isa



PS:- Já conhecia este site para mudar...o meu. Está lindooooo.

Adolfo Payés disse...

Con el café y estos versos de mañana son bello.. y dulces como tu nombre..

Un beso

Un abrazo
Con mis
Saludos fraternos de siempre..

Que tengas un buen fin de semana...

Dulce disse...

Obrigada, Isa

que bom que aprovou, amiga...
beijos

FOTOS-SUSY disse...

OLA DULCE, BELISSIMO POEMA...A FOTO ESTA LINDA...ADOREI O NOVO VISUAL DO BLOG...QUE TENHAS UM OPTIMO DIA QUERIDA AMIGA!!!
BEIJOS COM CARINHO,


SUSY

heli disse...

Dulce.

Adoro esse poema de Quintana.
"E olhas, então, essas tuas mãos vazias,
no maravilhoso espanto de saberes
que o alimento deles já estava em ti..."
Isso é lindo demais!
Adorei também o novo visual do seu blog.Como sempre, a Dulce sabe escolher o melhor.
Belo dia,
beijos

Beta disse...

Poemas são as coisas mais lindas do mundo né?

Bj
beta

Dulce disse...

Adolfo

sempre que passa por aqui deixa no ar uma certa ternura, nessa amizade que vai se formando, pelas palavras sempre gentis.
Que seu final de semana seja lindo.
Mis saludos fraternos para ti tambiem.

Dulce disse...

Susy

Obrigada, amiga. Amigas como você sempre tornam melhores os nossos dias.
beijos

Silvana Nunes .'. disse...

Boa tarde, minha amiga.
Olha, eu amo QuintanaÉ um dos poetas de meu coração.
Beijo grande.
FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER...
Saudações Florestais !

Dulce disse...

Heli

Sim, é muito lindo... é Quintana, nada mais precisa ser dito.
Que bom que gostou do visual. Obrigada.
beijos

Dulce disse...

Beta

São sim, sem a menor dúvida.

bjs

Dulce disse...

Silvana

Acho que Quintana é o poeta do coração de quase todos nós.
Beijos e obrigada pela visita

Carlos Albuquerque disse...

Abri para lhe dizer que gostei de ler este poema de Mário Quintana.
Tenho, também, referir que gostei do novo visual do seu blog.
Bem escolhida mudança!
BJS

Dulce disse...

Carlos

Que bom que gostou do poema e que aprovou o novo visual deste cantinho
Obrigada
bjs

Agulheta disse...

Querida Dulce! Ao abrir esta página,fiquei encantada,pela poesia de Quintana,ondes as palavras simples nos deliciam,outra coisa o novo visual do blog,num azul calmo e sereno,onde não falta os cavalos.
Beijinhos e bfs
Lisa

Dulce disse...

Agulheta

Quintana sempre encanta, todos os amigos que vão passando por aqui vão afirmando a mesma coisa. Fico feliz que tenha gostado, Lisa.

Azul é cor que inspira calma e junto ao branco fica ainda mais suave - cavalos são animais maravilhosos, que eu gosto muito, pela força, vigor, porte, altivez... Assim, acabou resultando numa combinação feliz. Queria um lugar escolhido a dedo para receber meus queridos amigos e leitores, para que eles se sentissem bem enquanto estivessem visitando este cantinho. Penso que acertei.
Beijos

Fernanda disse...

Querida e doce amiga Dulce,

Para já parabéns pelo novo template...parabéns, ficou lindo.
Depois para lhe dizer que ainda nem tentei fazer o que me propus :(
mas fá-lo-ei.

O poema é como sempre mais do que belo.

Bfs
Beijos

AFRICA EM POESIA disse...

DULCE

Vim responder e agradecer a visita.
Esta semana foi dificil.
Ser professor nesta altura é muito difícil.

Um beijo e o meu baú



O MEU BAÚ...


Meu baú encantado...
Meu baú bem fechado...
Meu baú que ficou lá...
Mas que eu o imagino cá...
.........
No meu baú...
............
Os meus sonhos...
As minhas vestes...
Os meus brincos...
Os meus laçarotes...
As minhas bonecas...
...........
No meu baú...
.........
Os meus beijos...
Os meus desgostos...
As minhas loucuras...
.......
No meu baú...
.......
Fechado a sete chaves...
Eu olho para longe...
E sei que o meu baú...
É também igual...
A uma caixinha de Pandora...
...

E nada mais...
E não o abro...
Porque quero que o sonho...
Continue...
Perdure para sempre...
E nunca se desfaça...

LILI LARANJO

Sonhadora disse...

Dulce
Um poema maravilhoso.Gostei muito.
O visual do Blog está muito bonito.
Bom fim de Semana
Beijos
Sonhadora

Dulce disse...



Boa noite, minha amiga.
O importante é a disposição para se fazer. Com o tempo,acontece.
Beijos e obrigada.

Dulce disse...

Africa em Poesia

Muito obrigada. Lili. Pela vinda, pelo poema, lindo...
Pois é minha amiga, parece que ser professora atualmente é bem dificil.
Por aqui é a mesma coisa.
Beijos

Dulce disse...

Sonhadora

Fico feliz que tenha gostado do poema e muito obrigada.
beijos

Ana Martins disse...

Um poema encantador!

Beijinhos e bom fim de semana,
Ana Martins

Dulce disse...

Obrigada Ana,

Beijinhos e lindo final de semana para você também