floquinhos

domingo, 22 de novembro de 2009

Drummond num domingo...


Poema que aconteceu

Nenhum desejo neste domingo
nenhum problema nesta vida
o mundo parou de repente
os homens ficaram calados
domingo sem fim nem começo.

A mão que escreve este poema
não sabe o que está escrevendo
mas é possível que se soubesse
nem ligasse.

8 comentários:

Isa disse...

Dulce,minha Amiga tão querida,ontem sofri tanto por uma Amiga brasileira
que mora em Lisboa e que conheço.
Hoje ainda estou em choque,acredite.
Mas tenho de reagir.
Beijoo.
isa.

Dulce disse...

Isa
percebi seu sofrimento ao passar por seu blog, amiga. Em pensamento eu a abraço e peço-lhe que se lembre que a imutável lei da vida nos conduz nas alegrias e nas tristezas e que, como sempre surge num novo dia, a alma sempre recebe novas forças, novos alentos que a confortam.
Que sua amiga encontre esse conforto. E que bom que esteja cercada de amigas como você que hão de tornar seu momento menos sofrido.
Um beijo, querida amiga.

Pitanga Doce disse...

É verdade. Hoje e manhã e depois, o mundo parou de repente. Será que Drummond também recebia email?

bom dia amiga e quando chover eu aviso.

Dulce disse...

Pitanga
Drummond recebia cartas, minha amiga, aquelas maravilhosas cartas tradicionais e, certamente, as respondia. Já imaginou uma carta de Drummond??? Os e-mails viriam depois, acho que quando ele já não estava mais entre nós.
beijos

Pitanga Doce disse...

Dulce sabes que não sei? Ele se foi em 1987 mas acredito que mesmo assim preferisse as cartas que se pegam, que se guardam em caixinhas e gavetas.

bom domingo ( o tempo quer virar)

Dulce disse...

Pitanga

Sempre adorei receber e escrever cartas, ainda guardo as que troquei com o Bira durante nosso noivado, já lá se vão cinquenta anos... amareladas, amarradinhas com uma fitinha azul, cheirando a saudades...
beijos

Pitanga Doce disse...

Amiga Dulce, também tenho cartas guardadas com fitinha mas o que amarelou foi o conteúdo delas. Que pena!

Dulce disse...

Pitanga

Pois é, amiga, mas esse conteúdo que hoje está amarelado um dia foi encanto, magia, sonho... Tanto que você ainda guarda as cartas, testemunhas desse seu momento. E é tão bom quando temos momentos vividos guardados em nós... Ainda que tenham passado, foram vividos, fotam nossos.
Beijos