floquinhos

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Uma pausa para a alma...


E o que há de melhor para a alma que a doçura de Mario quintana?

Tempo perdido

Havia um tempo de cadeiras na calçada, Era um tempo em que havia mais estrelas. Tempo em que as crianças brincavam sob a claraboia da lua. E o cachorro da casa era um grande personagem. E também o relógio da parede! Ele não media o tempo simplesmente: ele meditava o tempo.

2 comentários:

elvira carvalho disse...

Então hoje é o dia . Mais uma vez parabéns aos dois aniversariantes e parabéns também à feliz mamã e avó.
Um abraço e boa festa.

Dulce disse...

Elvira,

É sim amiga, hoje a casa está em festa e logo mais a noite recebemos os convidados para um jantar. Está tudo muito lindo, porque minha nora tem muito bom gosto, os "meninos" estão felizes e eu também.

Muito obrigada, querida amiga.
beijos