floquinhos

quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Drummond... Sempre Drummond.


As rosas do tempo

Admirável espírito dos moços,
a vida te pertence. Os alvoroços,

as iras e entusiasmos que cultivas,
são as rosas do tempo, inquietas, vivas.

Erra e procura e sofre e indaga e ama,
que nas cinzas do amor, perdura a flama.


(Carlos Drummond de Andrade)

12 comentários:

Vivian disse...

...às rosas do tempo
darei o nome "amor".
este que refloresce
em cada estação...

beijos, querida!

Dulce disse...

Lindo Vivian!

Muito obrigada.
Beijos

AFRICA EM POESIA disse...

Dulce

O meu livro... A Ti Negage meu Amor...é inteiramente dedicado a África... aos meus sonhos à minha terra, relato os meus medos...a guerra ... a partida...é mesmo...
um grito de saudade...


beijos


QUENTE



África...
--África quente...
--África que queima...
--África vermelha...

Que aquece...
Que queima...

E que deixa o vermelho...
Entrar dentro...
Do meu coração...

E saber...
Que tu África...

--Vais ficar...
--Para sempre...

Dentro do meu sangue!...


LILI LARANJO

Osvaldo disse...

Dulce;

Falar de Rosas, de Poesia e de Carlos Drummond de Andrade,... é falar de saudade...

Como eu adoro vir aqui visitar-te a ti e ao que de belo sempre nos ofereces...

bjs, Dulce.
Osvaldo

Dulce disse...

Lili

Deve ser um livro maravilhoso.
Econcontro no Africa em Poesia indicações para compra-lo?

Africa mistério, Africa Magia, Africa poema, Africa em Poesia... Muito lindo.
Beijos e obrigada.

Dulce disse...

Osvaldo

Mas é uma saudade doce, benfazeja...
Também gosto muito quando vem aqui, meu amigo, porque traz sempre uma palavra amiga.
Sou eu quem agradece.
Beijos

Agulheta disse...

Querida Dulce!Que coisa mais linda uma rosa,elas são poesia, amor, paixão e desejos.
Beijinhos e obrigada pela palavras de carinho.
Lisa

Fernanda disse...

Amiga Dulce,

Mais uma lindíssima do famoso Drummond.

Tem tudo a ver com o que eu lhe contei hoje no meu e-mail.

Beijinhos

Dulce disse...

Agulheta

Pois é, Lisa, também sou apaixonada por rosas.
beijos

Dulce disse...



Drummond sempre fala por nós... Ele deve ter vivido todos os amores do mundo... Ainda que tenha sido em sonhos...
beijos

elvira carvalho disse...

Drummond em dose dupla. Meu Deus esta mulher mata-me.
"Erra e procura e sofre e indaga e ama,
que nas cinzas do amor, perdura a flama."
E digam lá que isto não é de sábio
Um abraço

Dulce disse...

Elvira

Pois é, poesia pouca e bobage... rs... e Drummond nunca é demais.
Sábio e lindo.
Abraços