floquinhos

terça-feira, 22 de setembro de 2009

As cores deste mundo


O Vento

O vento é um inveterado ledor de tabuletas. E, com toda aquela sua pressa, é exatamente o contrário do leitor apressado: não salta uma só que seja, não perde nenhuma delas, lê e passa - que o seu destino é passar -, mas guarda uma lembrança vertiginosa de todas, principalmente das verdes, das vermelhas, das de azul mais forte, sem esquecer, ó Van Gogh, as tabuletas amarelas...
Sabes? Passa no vento a alma dos pintores mortos, procurando captar, levar (para onde?) as cores deste mundo.
Que este mundo pode ser que não preste, mas é tão bom de se ver!

(Mario Quintana)

22 comentários:

Isa disse...

Boa tarde,minha querida.
Belas palavras de Mário Quintana.
Beijo.
isa.

Dulce disse...

Isa

Boa tarde, minha amiga.
Quintana sempre agrada, não é?
beijos

Daniel Costa disse...

Dulce

Ter o prazer de ler Mário Quintana e agradável. Dai que o tenhas seleccionado foi fazer uma bela escolha!

Postei os pressupos de teu desafio, em "mundo e vida", talvez seja interessante uma passagem!
Daniel

Agulheta disse...

Querida amiga! Gosto muito de Quintana?este poema nos diz tanta coisa que um olhar por vezes desconhece.
Beijinhos fica bem.

Lisa

Dulce disse...

Daniel

Muito obrigada.
Claro que vou passar por la, meu amigo. Já estou indo...
Um abraço

LOURO disse...

Querida amiga Dulce,

Boa escolha de Mário Quintana,belo texto...Gostei!!!

Beijinhos de carinho e amizade
Lourenço

Dulce disse...

Lisa

Sim, minha amiga, através de Quitana redescobrimos tantas coisas.
Beijinho e obrigada

Dulce disse...

Lourenço

Bom ve-lo por aqui.
Obrigada / beijos

FOTOS-SUSY disse...

OLA DULCE, BELA ESCOLHA DE MARIO QUINTANA...ADOREI AMIGA!!!
UMA LINDA NOITE...
BEIJOS DE CARINHO,


SUSY

Dulce disse...

Susi

Obrigada, amiga.
Boa noite para você também.
bjs.

Pitanga Doce disse...

Vai ver que passou um tsunami lá em casa e levou a praia. hehe

Há correio. Acho que entenderás o recado, amiga Dulce.

Fernanda disse...

Amiga Dulce,

Não conheço nenhuma Brasileira que não seja fã de Mário Qintana, começo a perceber porquê.
Estou a aprender a admirá-lo quanto vocês. Acho que chego lá.

Beijos amiga doce.

Dulce disse...

Pitanga Doce

Vai ver passou mesmo... rs...
Vou lá ver o correio.
beijos

Dulce disse...



Conhecê-lo é admira-lo. Ele é todo ternura... Pouco a pouco você vai concordar comigo... rs.
Beijinhos

Pitanga Doce disse...

Blim blom! É o carteiro. Não te "caiu a ficha".

Dulce disse...

Pitanga

Eu acho que caiu. Por isso aquela resposta, menina...

AFRICA EM POESIA disse...

DUlce

Um poema

Um beijo carinhoso
Que atravessa o mundo
Que se envia ...
e quem o recebe ...
sente-o.


para ti o meu carinho

Dulce disse...

Africa em Poesia

Lili,

Muito obrigada. Uma das coisas que me deixa feliz é esse carinho, essa amizade que recebo aqui.

Beijo e obrigada.

Ana Martins disse...

É sim Dulce, é muito bom de se ver!

Beijinhos,
Ana Martins

Dulce disse...

Ana

Beijos, Ana e uma boa noite / bom dia para você.

elvira carvalho disse...

Passa no vento tanta coisa...
Quintana sempre de encanto.
Um abraço

Dulce disse...

Elvira

Fico feliz quando gostam do que coloco aqui, Obrigada.
Beijos