floquinhos

sábado, 5 de setembro de 2009

E por falar no bosque...

(clique na imagem para ampliar)

Esta placa marca uma das entradas para o bosque, exatamente a que fica ao lado da casa de minha filha.
É curioso que o que nós chamamos "bosque" eles chamem de "forest" (floresta?). Claro, floresta, para eles é "jangle"... Este é o "Brooks Forest". Brooks era um homem muito rico, dono das terras aonde hoje encontra-se este bosque. Construiu sua linda e enorme casa no centro, casa hoje desabitada e aberta apenas uma vez por ano para visitação pública. Dizem que havia lindos jardins que davam para o lago. Com sua morte, tudo ficou mais ou menos abandonado e a natureza de incumbiu de transformar o ambiente que hoje nada tem de cultivado. Por testamento legado a municipalidade, é mais um dos tantos espaços verdes desta linda região, espaço cortado por trilhas para caminhadas, nos meses menos frios, e para passeios com esquis durante o inverno, quando se cobre de neve.

(clique na imagem para ampliar)

Nesta árvore, em frente a entrada que dá para o lago, a natureza parece mostrar sua força tentando devorar a placa nela colocada para alertar sobre o valor da multa que seria aplicada a quem ousasse caçar por ali. Foi uma das coisas que me impressionou quando por ali passei pela primeira vez e que coloco aqui apenas como curiosidade.

8 comentários:

Maria Emília disse...

Tremenda e impiedosa a natureza, Dulce. Bom exemplo para mostrar as tais coisas que não têm explicação e que devemos reverenciar e aceitar.
Um beijinho,
Maria Emília

Dulce disse...

Maria Emilia

é verdade.
está na hora de tomar mais cuidado e de preservar mais nosso planeta que tem sido negligenciado pelo homem.
beijos

Fernanda disse...

Amiga Dulce,

Imponentes as árvores e lindo o seu texto, como todos.

Sabe que em Portugal também existem propriedades assim abandonadas...eu acho incompreensível, dá tanta pena ver a degradação a que são votadas.

Beijos para si, doce amiga,

Dulce disse...

˜Ná

Ah, é uma delicia fazer caminhada pelo bosque, chegar ao lago...
Mas tem razão, os governos (municipais, no caso) deveriam cuidar desses locais e transforma-los em lugares publicos, como foi feito com este parque (bosque) de Medford/Winchester.
Beijos

Srta.Sissi disse...

Dulce, amei seu "cantinho" tudo tão delicado e belo...A beleza é simples..

Dulce disse...

Srta. Sissi

Muito obrigada pela sua visita, muito obrigada por estar acompanhando o "Em Prosa e Verso"
Estou muito feliz com sua presença.
Um abraço

elvira carvalho disse...

Engraçado a árvore parece estar de boca aberta...
Um abraço

Dulce disse...

Elvira

Sim, de boca aberta, devorando a placa... Fiquei pasma com essa árvore e sempre que passo por ela quando caminho pelo bosque, paro para olhar.
bjs