floquinhos

sexta-feira, 31 de julho de 2009

Tarde de chuva em Winchester...

(O chá da tarde não pode ser tomado no jardim... )

Desde que sai de casa, há quinze dias, estou prometendo aos amigos mais algumas fotos daqui. E vou deixando para depois... Hoje o dia foi de muita chuva e todos sabem que gosto de chuva, gosto muito. Então, a chuva sobre o gramado, molhando as árvores do bosque, embaçando a paisagem, pondo ternura em meu coração, fazendo a saudade doer mais mais docemente... Ah, não deu para resistir. E mesmo através das janelas foi captando momentos que deixo agora aqui para quem estava cobrando esses retalhinhos de vida.

(Clique nas imagens para ampliar e ver melhor.)

(Perco meu olhar numa tarde assim... Perco-me em sonhos...)

(Mesmo com toda aquela água caindo, o funcionário da Verizon continuou seu trabalho, instalando novos cabos.)

(O bosque, todo molhado, toma um ar melancólico. Nem me atrevi a ir até o lago...)

Num dia de sol, numa noite de lua (ontem dona Lua estava soberba), numa manhã de paz, numa tarde de inquietação, sempre vai haver novos momentos a serem captados, e eu vou tentar, prometo... rs... Um passeio de carro - adoro tirar fotos com o carro em movimento - num café no Starbucks, na pracinha tomando sorvete, sei lá... basta a câmera na mão. E a paciência dos amigos, para aguentar o amadorismo desta pseudo fotógrafa. Mas eu ainda aprendo... rs...

2 comentários:

Pitanga Doce disse...

Dulce adoro tuas fotos. Teus jardins, tuas flores e a maneira como descreves as tardes e todo o resto. Faz-me lembrar de outras tardes assim num outro Continente.

beijos da Mila

Dulce disse...

Pitanga

Obrigada, Mila. É realmente diferente do que vivo em minha casa. Não outro continente, mas outro hemisfério.
Beijos