floquinhos

quinta-feira, 9 de julho de 2009

Drummond - Para sua manhã de quinta-feira...

Acordar, viver

Como acordar sem sofrimento?
Recomeçar sem horror?
O sono transportou-me
àquele reino onde não existe vida
e eu quedo inerte sem paixão.

Como repetir, dia seguinte após dia seguinte,
a fábula inconclusa,
suportar a semelhança das coisas ásperas
de amanhã com as coisas ásperas de hoje?

Como proteger-me das feridas
que rasga em mim o acontecimento,
qualquer acontecimento
que lembra a Terra e sua púrpura
demente?
E mais aquela ferida que me inflijo
a cada hora, algoz
do inocente que não sou?

Ninguém responde, a vida é pétrea.

14 comentários:

Isa disse...

Querida Dulce,Q.bela escolha!
Como me sabe bem e me emocionam estes
sentimentos.
Liguei para o meu filho e soube q. o meu neto querido está com anginas.
E febre.
Vai passar,se Deus quiser!
Beijo.
isa.

Dulce disse...

Bom dia, Isa

Drummond sempre nos toca, não é mesmo?
Ah, minha amiga, crianças são muito mais fortes do que nós e recuperam-se muito mais rapidamente. Logo, logo, seu netinho vai estar bem. Cai passar sim, e rapidinho.
beijos

Vivian disse...

...ah querida Dulce,

tem sim como começar o dia
de maneira feliz, apesar de
contrariar o Drummont...

vá lá em casa...rsss

PS)... eu entro aqui e não quero
sair por conta da música
'nusmeusuvidus'...rsss


adoro

bjbj

heli disse...

Dulce.
Ao ler as palavras de Drummond a gente sente como se ele estivesse colocando as palavras exatas que nosso coração deseja "ouvir".
Os poetas sabem dizer as coisas belas de um modo especial.Em dias tristes como os que venho enfrentando, ler poesias é um alento para minha alma.Seu post foi muito bem colocado.
Obrigada amiga pelo seu blog ser tão aconchegante.
beijos.

Lourdes disse...

Querida amiga.
Para mim, qui em Portugal, o dia já vai alto. De qualquer forma, qualquer hora é boa para ler a poesia de Drummond.
Beijinhos

Dulce disse...

Ah, Vivian,

Assim também "é covardia"!!! risos...
Imagino que uma pessoa como você, de bem com a vida, favorece o começo de qualquer dia... Que coisa linda!

Elvis é meu xodó, minha paixão musical... de vez em quando eu troco e coloco outros cantores, mas não consigo ficar sem ele, então estou sempre voltando as suas lindas baladas românticas. Preciso disso para minha serenidade.

beijos

Dulce disse...

Obrigada, Heli

Concordo plenamente com você. Drummond sempre tem uma palavra que se encaixe em qualquer um de nossos momentos...
Sim, minha amiga, a leitura de poesias pode bem ser lenitivo para horas pouco amenas. E junto com a música, acalma a alma e apascenta o coração.
Um blog aconchegante? Tento mesmo faze-lo assim, um lugar para acolher amigos e com eles passar momentos agradáveis.Que bom que estou conseguindo...

beijos

Dulce disse...

Ah, Lourdes,

sempre me esqueço da diferença de fuso horário d'aquém e d'além mar... rs...
Ainda bem que Drummond cai bem em qualquer hora... rs...

beijos

Daniel Costa disse...

Dulce

Drummond não sabia escrever mal, o poema, se bem visto, é uma observação de vida.
Um extrordinário poeta tinha de ter muito poder de observador, dessa faceta retirou pensamentos, que deixou.
Últimamente, pareço alheado, mas talvez não.
Estive de férias junto ao mar, sobretudo por causa da senhora hirpertensão tenho-o evitado. Desta vez não o fiz e a imaginação sofreu uma certa apatia.
Gostaria que passasses por mundo e vida, postei lá hoje. Talvez aprecies algo dos anos cinquenta.
Daniel

Dulce disse...

Daniel

É verdade que Drummond, tudo o que escreveu, escreveu bem e que era um observador da vida, por isso foi quem foi e deixou a obra que nos encanta.
É, meu amigo, hipertensâo é bem sorrateira, mas imagino que esteja bem. Quanto ao seu "mundo e vida", já là vou ver o que postou.
Obrigada.

Dulce

Isa disse...

Ai,Amiga,este cantinho...
Como diz o povo" que lhe botou?"
(q. lhe deitou)
Vou ver as acerto:o mel da Amizade;
a beleza da poesia ou da prosa;a melodia da mùsica;E um pauzinho de canela?
Beijo.
isa.

Dulce disse...

Isa

É de tudo isso um pouco que, num cadinho colocado com muito afeto, só pode resultar na alegria de ter tão linds(as) amigos(as)
Obrigada, amiga linda...
beijinhos

PS - só agora respondo porque hoje foi dia de matar saudade de filho que ficou por aqui e de passear com ele por ai... rs... Bom demais.

elvira carvalho disse...

Mas isto faz-se? Drummond e Cecília de seguida?
Dois dos meus poetas preferidos? Só faltou Vinicius, para eu ficar de olhos em bico.
Um abraço e como aqui já é Sexta, Bom fim de semana

Dulce disse...

Elvira

Ah, se eu soubesse teria postado o Poetinha (Vinicius) também. fico devendo... rs,,,
Obrigada e um bom final de semana para você também.

bjos.