floquinhos

quinta-feira, 2 de julho de 2009

João, o jardineiro...


Há pessoas que parecem viver de bem com a vida. Pessoas que teriam tudo para reclamar e que, como exemplo de vida, estão sempre com um sorriso aberto no rosto quando nos falam, tem sempre um ar de paz no olhar.
Geralmente são pessoas simples, considerados muitas vezes pobres de espírito, mas que carregam em si uma enorme riqueza em forma de paz e amor ao próximo...
Daqui da janela da biblioteca de meu filho, posso ver o jardineiro cuidando das plantas, aparando a grama, podando arbustos, enfim cuidando com carinho de cada flor, de cada galhinho. E faz seu trabalho meticulosamente, com esmero, com alegria. Ouve-se o tempo todo seu assobiar canções tão simples como ele. Mora no próprio condomínio, num cantinho que lhe foi cedido, não tem família, ou pelo menos não vive com ela. Mulato, alto, desengonçado, de voz alta e estridente, bem quisto por todos e sempre se sabe quando está por perto porque não perde a oportunidade de uma prosa, ainda que de passagem ou porque há sempre um assobio caminhando pelo ar, marcando sua presença..
O nome dele? João... De que? Ah, acho que ninguém, ou quase ninguém, sabe... Apenas e simplesmente João, o jardineiro...

16 comentários:

Pitanga Doce disse...

Acho que precisava de um João por aqui. Não tenho mão para plantas e as minhas petúnias morreram.

Dulce disse...

Pitanga

Lamento pelas suas petunias...
Beijos e boa tarde.

tinta permanente disse...

Lembrei-me, a propósito, de ter lido, algures, que é preciso ser pastor para compreender a felicidade das ovelhas!


abraços!
www.tintapermanente.com

Dulce disse...

Tinta Permanente

Um lindo pensamento!...
beijos

Isa disse...

Hoje tive um dia Abençoado!
As 3 manas estão sós desde q. os nossos Pais partiram! Eu enviuvei de um casamento falhado; A Guida ñ
casou, viveu a viajar; a Kooka a +
nova, ñ muito o marido depois de coisas tristes casou, com outra pessoa.
Mas ela ñ se conformou.Vive para as 2
filhas e para nós.
Há uma luz bem lá em cima q. nos vai protegendo...
Gosto muito de si, Dulce.

Beijo.
isa.

Fernanda Ferreira disse...

Olá Amiga Dulce,

Conheço gente assim também, quem trabalha por amor e com amor é feliz, mesmo quando o trabalho é aparentemente simples.

Um bom jardineiro ama as suas plantas e elas sentem esse afecto.
Abençoado João, sorte a sua e fundamentamente das suas plantas.

Beijinhos,

Dulce disse...

Ná,

na verdade ele é o jardineiro que cuida do jardim da casa de meu filho. Bem que gostaria de ter um jardineiro assimm... rs... Mas moro em outra cidade, não teria como...
beijinhos

Dulce disse...

Isa

Fico feliz que tenham tido esse dia tão especial e que sejam irmás tão chegadas e tão amigas. Que essa luz brilhe sempre sobre vocês.
Tambem gosto muuito de si, minha amiga.

beijos

Deusa Odoyá disse...

Minha nova amiga Dulce.
Existem na simplicidade desse jardineiro a palvra amor.
Ama as plantas, coisas da natureza, o bem mais sagrado de Deus.
Parabéns por esse post.
Iluminado e lindo.
Uma semana de muita paz, amor e luz.
Beijinhos doces de sua nova amiga.
Regina Coeli.

Aguardo sua visita ao meu cantinho.
.

Dulce disse...

Deusa Odoyá -

Regina Coeli,

Obrigada pela visita e pelo seu comentário. Semana de luz e amor para você também.
Vou sim, com o maior prazer visitar seu cantinho. Obrigada pelo convite.

Um abraço

Dulce

Lourdes disse...

Olá Dulce.
Quantas pessoas há pelo mundo fora como o João. Pessoas simples, sem grandes exigências mas que gostam daquilo que fazem. São essas pessoas que são verdadeiramente felizes.
Beijinhos

Dulce disse...

Lourdes,

E como o mundo precisa dessas pessoas, não?

beijinhos

rouxinol de Bernardim disse...

Simplesmente joão, adorei...

Há tantos por cá, sem nomes pomposos mas sempre prestáveis..

Dulce disse...

Rouxinol de Vernardim

E na sua simplicidade são tanto... Melhoram tanto a vida...

elvira carvalho disse...

É amiga há pessoas assim. Que parece que nasceram para o que fazem e com isso se sentem muito felizes.
Um abraço

Dulce disse...

Elvira

E vivendo assim felizes, deixam-nos mais contentes.

Beijos