floquinhos

sexta-feira, 10 de julho de 2009

Chuva na tarde... saudade...


E a tarde vai caindo mansamente, tão mansamente quanto a chuva que cai sobre a cidade e enche de nostalgia meu coração... E esta música... Ah, esta música... Ela é toda e simplesmente você...

Saudade... tanta!...

16 comentários:

Pitanga Doce disse...

Agora preciso saber. Estás em Sampa ou em Campinas? Se estás em São Paulo vou já preparar o guarda-chuva que e a minha chuva é importada daí.

beijos

heli disse...

Aqui também está chovendo e eu diria que anoiteceu rapidamente.São 17h e 30 min e está escuro lá fora.Em dias assim meus sentimentos também afloram de forma mais intensa.Nesses dias mais cinzentos, me bate uma saudade enorme da minha mãe.Ela sempre falava que sentia seu coração triste em dias chuvosos e escuros.No dia em que faleceu, ela perguntou ao meu pai, se o dia estava bonito lá fora quando ele foi levar-lhe o café da manhã em sua cama.
O dia estava lindo...e ela se foi deixando muitas saudades.
Saudades...

Agulheta disse...

Dulce!É com a alma e recordações,que lembra sempre algo na vida,uma música um poema,até a simples chuva caindo.
Beijinho bfs

Maria Valadas disse...

Querida Dulce,

São em tardes como esta... que eu gosto de estar no meu canto e escrever o que me salta no meu âmago.

Adoro as tuas frases e pensamentos.

Desejo-te um óptimo final de semana.

Beijinhos.

PS: Os bricos de princesa, já estão guardados com muito carinho. Estão no final da página.

E os achei tão lindos que os postei nos VENTOS DO SUL.

Bjinhos.

Dulce disse...

Pitanga

Etou em São Paulo, miha amiga... Pode preparar seu guarda-chuvas... rs... e não esqueca um agasalho porque está esfriando também...

beijos

Dulce disse...

Heli

Momentos difíceis, tristes, que passam mas ficam sempre presentes em nós e um cinzento da tarde, uma ou outra palavra sempre trazem a tona.
Sem palavras, minha amiga... apenas um abraço...
Fique bem

beijos

Dulce disse...

Lisa (Agulheta)

São coisas da alma humana, minha amiga... a sensibilidade fica a flor da pele...

beijos

Dulce disse...

Maria

Também eu... tardes assim convidam ao aconchego, a mergulho em nós mesmas...

Fico feliz em saber que os brincos-de-princesa estão em tão lindo lugar, em tão boa companhia... obrigada.

beijinhos

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDA DULCE, GOSTEI MUITO DA POSTAGEM... ABRAÇOS DE CARINHO E TERNURA,
FERNANDINHA

Pitanga Doce disse...

Ai que bom porque estou com uma gripe dos diabos e com esse calor (fora de hora) tenho que ligar o ar e não posso. Manda o frio, vai!

Dulce disse...

Obrigada, Fernandinha

Grande abraço para você também e um bom final de semana.

beijinhos

Dulce disse...

Pitanga

Sempre achei a gripe pior no tempo de calor... Espero que refresque um pouco por ai, pois fazer frio no Rio é meio dificil, mas tomara que o calor diminua.
Cuide-se bem

Beijos

Ana Martins disse...

Um pensamento cheio de saudade e nostalgia... Há dias assim, em que a chuva nos deixa deprimidos.

Beijinhos e bom fim de semana,
Ana Martins

Dulce disse...

Ana

Tem dias em que a saudade bate mais forte...

Obrigada, amiga, e um bom final de semana para voc´ê tambem.

beijinhos

Pitanga Doce disse...

Dulce, deste o endereço direitinho pra chuva? Ela errou o caminho. Nem um pingo!

Dulce disse...

Pitanga

Ah, minha amiga, mas você sabe que que ela é temperamental e cai aonde bem entende... Quando é esperada, não aparece e quando não o é, cai aos cântaros, levando de enxurrada tudo o que encontra pela frente... rs...
Quando menos se espera... ói ela aí!... rs...
beijo e boa noite