floquinhos

quarta-feira, 8 de julho de 2009

Cecília Meireles ao cair da tarde... Para você.


Murmúrio


Traze-me um pouco das sombras serenas
que as nuvens transportam por cima do dia!
Um pouco de sombra, apenas,
- vê que nem te peço alegria.

Traze-me um pouco da alvura dos luares
que a noite sustenta no teu coração!
A alvura, apenas, dos ares:
- vê que nem te peço ilusão.

Traze-me um pouco da tua lembrança,
aroma perdido, saudade da flor!
- Vê que nem te digo - esperança!
- Vê que nem sequer sonho - amor!

8 comentários:

Chris disse...

Grande poema da Cecília... parabéns
bjs
Chris

Dulce disse...

Chris,

Sim, é um lindo poema. Desses que tocam lá no fundinho da alma...
bjs

heli disse...

Poema belíssimo.Toca na alma, move os sentidos.
Que bela postagem, Dulce!

Sandra disse...

Sempre que vou até a ISA, vejo vc. lá, dando os seus comentários, sendo gentil.E hoje eu vim te conhecer. Seu blog é um charme, carinhoso e meigo.
Ficarei feliz em tê-la, também como minha seguidora.
Você demonstra ser uma pessoa bela e simpática.
Seu poema é muito belo. Cecilia Meireles, é muito shou.
Estou levando o seu selinho e postando em minhas visitas.
Com carinho
Sandra

Dulce disse...

Heli

Tambem gosto muito deste poema. Está entre os que mais gosto na poesia da Cecilia Meireles.
Beijos

Dulce disse...

Sandra,

muito obrigada. Você é muito bem vinda. Fico feliz que leve o selinho com você e espero que ele simbolize uma nova e boa amizade.
Vou visitar seu cantinho, ou melhor, seus cantinhos.
bjs.

Ana Martins disse...

Lindo este murmúrio de Cecília Meireles!

Grata Dulce ela partilha!

Beijinhos,
Ana Martins

Dulce disse...

Ana,

Sou eu quem agradece, amiga, pela presença sempre carinhosa.
Sim, muito lindo esse "Murmúrio"...

beijinhos