floquinhos

terça-feira, 31 de março de 2009

SONHOS ? Devo mesmo falar sobre eles?


Meus sonhos? Ah, eu os trago guardados, trancados em meu coração, porque sei que são impossíveis, insanos, tresloucados... Se dali saíssem não sobreviveriam um minuto, com toda a realidade caindo sobre eles. Tão ridículos em pensar que poderiam florescer. Ridículos, tresloucados, insanos, absurdos, e sei lá quantos adjetivos mais eu poderia usar para descreve-los... Mas prefiro os outros adjetivos, os que uso para embala-los, aninha-los quando se chegam a mim nos meus momentos de solidão; ai eles são mágicos, lindos, ternos, doces, apaixonantes, delirantes,,, ai eles são meus, ai eles são “EU” – eu verdadeira, aberta para sentimentos e emoções, livre de preconceitos e medos de rejeição, Uma ponte para um momento que nunca virá, mas que ainda assim será um acalanto para meu coração.

8 comentários:

Dona disse...

"Sonhar é acordar-se para dentro."
Mário Quintana

No fundo nossos sonhos são o espelho de quem somos.
Beijos

heli disse...

Isso não vale Dulce!
Assim você me deixa curiosa e "desejosa" de conhecer esses sonhos..rs.
Brincadeirinha, todos nós temos sonhos bem escondidinhos em nosso baú de sonhos e de recordações e se os seus são alento para sua alma, devem ser muito bons...
bjs.
heli

Dulce disse...

Sem a menor dúvida, Dona. Concordo plenamente com você e, claro, com o Mario Quintana...
bjs.

Dulce disse...

Heli,
Curiosa, né. risos... Vou pensar no seu caso... risos...
Claro que são bons, são lindos, e se não fosse assim nem seriam sonhos, concorda comigo?
Beijos

Pico minha ilha disse...

Sonhos.Agora gostaria de acordar e ver que tudo não passava de um sonho, mas sei que é realidade.Beijinhos

Dulce disse...

Pico minha ilha
Você gostaria que sua realidade fosse apenas um sonho, enquanto há tantos que gostariam que seus sonhos fossem a realidade!...
Beijinhos

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Há sonhos que mais vale a pena esquecer e outros que gostaria de recordar para sempre. Quando estudava Psicologia, tinha a mania de apontar meus sonhos. Depois, durante alguns anos, sonhei acordado. Temo estar a perder a capacidade de sonhar. E isso não é bom!

Dulce disse...

Carlos,
realmente perder a capacidade de sonhar seria sempre lamentável. Momentos há em que supomos mesmo que isso esteja acontecendo, mas num outro momento os sonhos voltam a nos envolver. E sonhar acordada? Ora, mas se ainda faço isso!...