floquinhos

domingo, 1 de março de 2009

SO (MAIS) UM PEQUENO COMENTARIO...


Na quarta-feira fiz um pequeno comentário sobre um filme que tinha me deixado aturdida, um filme incrível, o Slumdog Millionaire. Hoje fui ao cinema de novo – e para quem raramente vai ao cinema, duas vezes na mesma semana é uma novidade e tanto, mas meu filho e minha nora não perdem um bom filme, então, quando estou por aqui, claro que os acompanho.

Se na outra vez o filme despertou em mim angustia, medo, revolta, o desta noite encheu meu coração de ternura, de encantamento. Pura magia o “Estranho caso de Benjamin Button”! Risos e lágrimas andaram passeando sobre meu rosto e quando o filme terminou, havia um silêncio comovido na sala e as pessoas foram saindo mansamente, falando baixinho, uns, enxugando os olhos disfarçadamente, outros, e meu filho, minha nora e eu ficamos ainda uns minutos sentados, tentando segurar a emoção... Muito lindo.
Só posso recomendar a quem não viu, que vá vê-lo, mas não esqueça os lencinhos de papel, porque vai precisar, principalmente se tiver um coração mais sensível.
Eu simplesmente, adorei...

Dulce Costa
Na noite de sábado, 28 de fevereiro do ano de 2009

2 comentários:

APC disse...

O Button chegou a merecer-me um desabafo (tímido, porque fechei o resto na dificuldade de o dizer), pelo nó de angústia que em mim se deu aquando, pelo quanto de comoção que me envolveu durante, pelo que me deixou de rasto depois. Já o repeti. O Slumdog vi-o ontem. Merece a crítica e os prémios, de facto. E a carinha daqueles garotos, tão doces...! :-)

Dulce disse...

Realmente! Dois filmes completamente diferentes, com a mesma capacidade de causar impacto aos expectadores, cada qual a seu modo.
E os meninos do Slumgod são mesmo de se apaixonar...