floquinhos

quinta-feira, 15 de abril de 2010

O que tenho para oferecer-te?


Canção na plenitude

Não tenho mais os olhos de menina nem corpo adolescente, e a pele translúcida há muito se manchou.
Há rugas onde havia sedas, sou uma estrutura agrandada pelos anos e o peso dos fardos bons ou ruins. (Carreguei muitos com gosto e alguns com rebeldia.)
O que te posso dar é mais que tudo o que perdi: dou-te os meus ganhos. A maturidade que consegue rir
quando em outros tempos choraria, busca te agradar quando antigamente quereria apenas ser amada. Posso dar-te muito mais do que beleza e juventude agora: esses dourados anos me ensinaram a amar melhor, com mais paciência e não menos ardor, a entender-te se precisas, a aguardar-te quando vais, a dar-te regaço de amante e colo de amiga, e sobretudo força — que vem do aprendizado. Isso posso te dar: um mar antigo e confiável cujas marés — mesmo se fogem — retornam, cujas correntes ocultas não levam destroços mas o sonho interminável das sereias.

(Lya Luft)

8 comentários:

ney disse...

Linda postagem. Bela canção da plenitude. Abraço/ney.

Sonhadora disse...

Minha querida Dulce
Belo texto, muito verdadeiro.


Beijinhos
Sonhadora

Pitanga Doce disse...

Que preciosa definição da maturidade feminina! O amor companheiro, o que espera, o que sabe.

beijos e noite calma que espera pela madrugada

Dulce disse...

Ney

Como a maioria dos textos de Lya Luft, que desvemda plenamente a maturidade da alma feminina.
Tenha um ótimo dia.

Dulce disse...

Sonhadora

Obrigada.
Concordo plenamente com você. Verdadeiro, sim, e muito.
Beijos e um bom dia

Dulce disse...

Pitanga Doce

É exatamente isso, Mila.

Obrigada,querida amiga. A noite foi calma. sim, já que o cansaço causado pela correria atípica da semana levou-me ao sono bem antes da madrugada. Acordei refeita, a mil, o que é preciso para enfrentar este final de semana que promete... rs...
Beijos e um dia de céu azul e muito sol por ai. Por aqui, ainda meio indefinido.

M. Lourdes disse...

Dulce
Adorei esta forma de escrever sobre a idade "mais avançada". Perde-se nuns aspectos mas ganha-se noutros. Pena é que a maior parte das pessoas só valorizam os aspectos negativos.
Tenha um bom final de semana. Por aqui vai ser agitado com a família toda reunida, mas é uma agitação muito boa.
Beijinhos

Dulce disse...

Lourdes. bom dia

Pois é, minha amiga, na maioria das vezes é assim mesmo... Faz parte da natureza humana.

Por aqui também fim de semana de muita agitação. Um de meus netos aniversaria e estamos preparando a festa dele aqui em casa. Correria, bagunça, mas (espero) muita alegria, e é isso o que mais conta, não é mesmo?

Beijos e um final se semana muito feliz por ai.