floquinhos

segunda-feira, 15 de março de 2010

Um coração vulnerável...


"Meu coração se transforma a cada experiência. Mas ainda palpita, sobressalta e se assusta. Ainda é vulnerável como quando eu tinha dez anos."

(Lya Luft)

22 comentários:

wallper.lima disse...

Olá Dulce, tdo bem com vc?
Adorei a frase, onde entendemos que mesmo com o passar dos anos, e todas as transformações sofridas, a cada situação nosso coração se manifesta, se inquieta, se abala, se assusta, se alegra, e por aí vai...adoro Lya Luft.
Bjocas.
Wal.

Osvaldo disse...

Dulce;

Os corações vivem ao sabor das marés e têm o bater das ondas, até ao dia em que vem uma mais forte e o leva para o fundo do mar onde o aprisiona com uma corrente de ternura.

bjs, Dulce.
Osvaldo

M. Lourdes disse...

Dulce
Até à nossa idade sabemos que é verdade, mas penso que será assim enquanto bater e o cérebro funcionar.
Beijinhos
Lourdes

Maria Teresa disse...

Dulce:
Ainda bem que é assim e nos faz entrar no mundo diariamente com o pasmo de quem acabou de nascer!
Beijos.

Dulce disse...

Wallper

Bom dia, Waléria... É verdade... O coração vai se renovando a cada novo acontecimento. Também gosto muito de Lya Luft, ela diz coisas que trazemos, todas, dentro de nós.
Beijos e obrigada

Dulce disse...

Osvaldo

Muito bonito esse seu pensamento, meu amigo! Perfeito!
Muito obrigada e um ótimo dia para você
Beijos

Dulce disse...

Lourdes

Minha querida amiga, quanto mais avanço no tempo, mais me convenço dessa verdade.
Beijos, obrigada e um excelente dia para você

Dulce disse...

Maria Tereza

Isso é maravilhoso, não é mesmo?
Um lindo dia para você.
Beijos e obrigada

Pitanga Doce disse...

"Meu coração não se cansa
De ter esperança
De um dia ser tudo o que quer
Meu coração de criança
Não é só a lembrança
De um vulto feliz de mulher...


bom dia Dulce

Sandra disse...

Lya Luft é maravilhosa. escreve muito bem..Tenho varios livros dela.
Agradeço o seu carinho por estar sempre vindo nos blogs.
Um grande abraço amiga. Meu coração não te esqueceu.
Sandra

Dulce disse...

Pitanga Doce

Bom dia, Mila...
É um grande coração, esse seu...
Beijos

Pitanga Doce disse...

Dulce, este poema que é letra de Coração Vagabundo (Caetano) é para ti, amiga.



Por aqui, "águas de março fechando o Verão...

Dulce disse...

Pitanga

Ah, Mila, que lindo! Obrigada, viu? Amei.
Pior é que esse coração é completamente maluco mesmo, nem que saber do tempo que já correu... rs...
Pensa que é ainda criança...
Beijos

Dulce disse...

Sandra,

Muito obrigada, menina! Mas visitar seu cantinho é bom demais, viu? Por isso sempre está cheinho de gente por lá.
Beijos

João Videira Santos disse...

...E porque, aqui, estamos no alcance da primavera...

...diremos a idade no regresso da primavera quando o coração suspira e se perfuma com as cores da natureza?

...diremos ou guardaremos como eterno o calcorrear de sonhos nas quimeras do tempo?

...que a realidade das palavras responda e de forma sucinta alimente a ilusão do que dos dias passados foram sonhos vindouros...

Dulce disse...

João Videira Santos

A primavera traz à tona a doce criança que guardamos (adormecida) no coração...
E não ficam sempre guardados os sonhos, nas quimeras do tempo?
Sonhos que muitas vezes ficaram perdidos no passado, não é, meu amigo?

Agulheta disse...

Querida.Enquanto o coração pulsar forte,se ama sempre em qualquer idade e estação.
Beijinho
Lisa

Dulce disse...

Agulheta

Bem verdade, querida amiga... O amor sempre habita um coração, sem se importar com o tempo que ainda tenha por bater e, assim, vai prolongando esse tempo e tornando-o mais precioso.
Beijinho.

LOURO disse...

Amiga Dulce!
A idade não conta,enquanto houver coração á amor!!!

Beijinhos de carinho e amizade,
Lourenço

Dulce disse...

Louro

E na medida em que vamos caminhando pelo tempo, essa vai ficando uma verdade mais patente...

Beijos e obrigada

Ana Martins disse...

Amiga Dulce,
não é defeito dos corações, acho mesmo que é feitio, a vulnerabilidade faz parte da sua essência.

Beijinhos,
Ana Martins

Dulce disse...

Ana

Concordo com você, amiga.
Beijos e boa noite