floquinhos

terça-feira, 2 de março de 2010

Haicais... Ternos, doces...


Continuemos com a ternura de Mario Quintana...

Amanhece

Um copo de cristal
Sobe a mesa
Inventa as cores todas do arco-íris...

Anoitecer

Da chaminé da tua casa
Uma por uma
Vão brotando as estrelinhas...

4 comentários:

Vivian disse...

...Dulce querida,
este teu canto tem sabor
de poesia.

adoro

bjbj

Dulce disse...

Vivian

Que bom! Poesia encanta a alma, não é?
Beijos e obrigada

Vitor Chuva disse...

Olá Dulce!

Obrigado pela visita; é sempre um prazer!
Cá continua com o seu poeta de estimação, com mais um verso bonito e cheio de imaginação, e com uma linda melodia a embalá-lo.

Boa tarde; beijinhos; boa semana.
Vitor

Dulce disse...

Vitor
Sou eu quem agrade. Obrigada.
Uma boa semana para você também.
Beijinhos e boa tarde.