floquinhos

quarta-feira, 20 de maio de 2009

O meu refúgio...


Os meus sonhos são refúgios...
É neles que me escondo da solidão, do desamor, do tédio.
Neles o mundo quase alcança a perfeição e meu carinho, que se derrama por todos os lados, retorna a mim em forma de amor correspondido, de ternura infinita, de paixão, até... Neles ainda posso ter o frescor da juventude, a beleza dos meus trinta anos e o encanto de minha maturidade. Por tolo que isso possa parecer, é mergulhando nos meus sonhos que eu me encontro e deles consigo emergir com muito mais forças para enfrentar a pasmaceira da minha realidade... Graças a eles, vivo sozinha, mas não sou solitária, não amargo em mim o desespero da solidão... Graças a eles a esperança ainda faz parte de mim, ainda norteia meus passos.

Ah! A magia dos meus doces sonhos... Ah! O acalento da tua presença constante neles... A ternura do teu amor tão distante e tão próximo de meu coração...
Vivesse eu mil anos e viveria meu coração em sonhos, em busca de tua presença...



8 comentários:

Isa disse...

Dulce,belo o seu texto,suaves os sonhos.
Gostei muito.
Beijo.
isa.

Dulce disse...

Isa,

obrigada.
sonhos embalam a alma, aquecem o coração...
bjs.

FERNANDA & POEMAS disse...

OLÁ QUERIDA DULCE, MARAVILHOSO TEXTO... LINDAS AS TUAS PALAVRAS E SONHOS!!!
ADOREI AMIGA... ABRAÇOS DE AMIZADE,
FERNANDINHA

Dulce disse...

Fernandinha,

Muito obrigada. Você tem sempre uma palavra gentil para ofercer...
Obrigada, mesmo.

Beijinhos

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Também adoro os meus refúgios, porque é neles que me reencontro e sinto melhor.
Belo post, como sempre, Dulce!

Dulce disse...

Carlos

Obrigada. Pela presença no meu cantinho, pelas pralavras.

JúliaML disse...

e é pelo sonho que vamos, levantando voo numa nave espacial, porque ele comanda a vida.

olha, eu levava-te contigo, na minha nave.
beijo meu

Dulce disse...

Julia

Pois é, os sonhos nos levam até o espaço sideral, mesmo... rs
Teria que ser imensa essa nave para caberem tantos sonhos.

beijos