floquinhos

quinta-feira, 3 de junho de 2010

O dia amanheceu saudade...

(Minha eterna saudade)

Hoje o dia amanheceu que é só saudades... Saudade do seu olhar, de sua mão na minha, de sua voz que me envolvia, de seu abraço... O sol tenta rasgar as nuvens e assim aquecer um pouco a cidade hoje vazia, afinal, é mais um feriado. Faz frio lá fora, num prenúncio do inverno que se aproxima. Faz tanto frio aqui dentro nesta sua ausência...

Na voz da Bethânia, nos versos do Vinícius, a minha eterna saudade...

10 comentários:

Isa disse...

Dulce,essa presença continua a seu lado! Ñ é física,ambas sabemos!
Mas é sublime, profunda! ÚNICA!
Beijo,minha AMIGA tão especial.
Beijoo.
isa.


PS: Obrigada pelas suas palavras no meu blog...

Dulce disse...

Isa
Sou eu quem agradece, minha querida amiga, pelo seu carinho, pela sua presença, pela sua doce amizade.
Beijos

orvalho do ceu disse...

Olá, Dulce
Quando se ama não se esquece jamais...
Seja feliz e abençoada ai!
Bjs e muita paz, querida.

Dulce disse...

Orvalho do Céu

É verdade...

Obrigada, beijos e muita paz para você também.

Maria Teresa disse...

Dulce:
Ainda bem que as lembranças embalam a alma que parece cheia de frio, iluminando os caminhos e aquecendo o coração.
Beijo carinhoso.

Ana Martins disse...

Querida amiga Dulce,
ele partiu mas vive em si para sempre, será o seu terno e eterno companheiro nas memórias do passado.

Beijinho grande amiga,
Ana Martins

Dulce disse...

Maria Teresa

E é uma doce saudade... Ainda assim, às vezes ainda dói... Mas são os caminhos da vida.
Beijos e obrigada.

Dulce disse...

Ana Martins

Assim tem sido, minha amiga, exatamente assim.
Beijos e obrigada.

Pitanga Doce disse...

Ai Dulce tenho andado distante. Me desculpa. Sei do teu coração.

beijos da Mila

Dulce disse...

Pitanga.

Preocupa não, amiga. É assim mesmo, em fases... Está tudo bem, viu?
Beijos