floquinhos

terça-feira, 8 de junho de 2010

Espírito Jovem???


A terça-feira amanhece iluminada, como o foi o domingo e a segunda-feira. Dias que, de tão azuis, iluminam a alma, o coração. Azuis, iluminados, mas frios, bem frios e o melhor a se fazer em dias assim é usufruir do conforto de um banco ou de uma espreguiçadeira colocados ao sol e alguns bons textos para leitura, como esse que deixo abaixo para sua apreciação, principalmente se você já caminha pelo outono da vida. Porque sei que vai concordar com Lia Luft, sempre tão lúcida...


Para que "espírito jovem"? Quem nos convenceu de que o nosso espírito de agora é pior, de que toda a experiência nada vale , as descobertas, um mundo que se abriu em tantos anos?
Com uma bagagem interior pobre, conceitos e crenças anêmicas, a semente do medo da velhice, o peso das fantasias em torno de juventude e beleza como um bem supremo se desenvolvendo feito uma planta venenosa de muitas ramificações.
Por que eu quereria ter a alma sempre jovem, e quem disse que ela é necessariamente melhor do que a minha, se tenho setenta ou oitenta anos, e não sucumbi ao mau humor e ao ressentimento?
"Espírito jovem?", disse alguém com muita graça e acerto. "Não quero meu espírito fazendo trejeitos de adoelscente."
Uma amiga, ao fazer oitenta anos, me dizia com o traço de bom humor que a caracteriza: "A idade pesa, sim, mas quantas coisas já não preciso fazer nem provar. Quando tudo parece difícil, a gente dá uns pulinhos, e todos acham que estamos esplêndidas e aí nos sentimos assim."
Outra, com mais idade que isso, indagada sobre o que achava da velhice, respondeu com muita graça, arregalando os olhos sempre luminosos: "Eu acho ótima, pois a alternativa seria a morte!"
Já que o conceito de idade e seus patamares estão mudando (na minha infância mulheres de cinquenta anos eram idosas e se vestiam e portavam como tal), precisamos achar palavras para representar conceitos menos velhos.

(Lya Luft)

14 comentários:

Beta disse...

Ela disse tudo!!
Hoje as pessoas de 50 não são mais os velhos avós de 40 anos atrás!
Nada de terceira idade!
São mega jovens ainda!

bj

Pitanga Doce disse...

É mesmo uma delicia fazer parte dessa turma de mulheres que querem e conseguem ser elas mesmas independente das idades. Rir mais alto (coisa inaceitável na época de minha mãe)vestir-se como quiser (desde que com bom gosto e auto crítica, é claro)mas princialmente no que toca aos sentimentos. Ir além do que se convencionou para esta ou aquela idade. É tão bom! Faz tão bem!

Bom dia, querida amiga, e logo à tarde segue mail. O céu tá fora me chamando! E eu VOU!


Ui! Falei demais!

AH! A Patti voltou!

Dulce disse...

Beta

Eu não diria jovens, diria antes linda mulheres maduras, cheias de vida, de vitalidade, de sonhos, vivendo intensamente suas vidas.
Beijos

Dulce disse...

Pitanga Doce

Falou demais? Que nada, minha amiga. Falou apenas o suficiente para dizer o que sente uma mulher no doce outono da vida, uma mulher que sabe valorizar seus sentimentos, que sabe viver bem cada momento.

Que bom termos a Patti de volta...

Beijos, Mila, e uma linda tarde de sol para você.

Aguardo correio

M. Lourdes disse...

Dulce
As coisas estão a mudar. A esperança de vida aumentou e a velhice chega cada vez mais tarde. Pensando no caso das mulheres, houve também uma grande alteração nas mentalidades e, é mesmo verdade. Temos que mudar os conceitos.
Beijinhos
Lourdes

Dulce disse...

Lourdes

E ainda bem que mudaram, não é mesmo, minha amiga? Hoje as mulheres são senhoras de si e de seus destinos, só precisam tomar cuidado para não exagerarem, não cometerem atos e atitudes que as venham prejudicar mais tarde. Porque há muita mulher que ainda não entendeu direito o significado de "liberdade Feminina" e anda confundindo liberdade com liberalidade e ai... o caldo desanda! rs...
Uma boa tarde para você, minha amiga.
Beijos

Anônimo disse...

Minha cara Dulce, como eu concordo com o texto lindo que escolheu para esta terça-feira. Se me permite atrevo-me a mandar-lhe o que escrevi aos meus amigos no dia do meu aniversário:
...Então isto é assim, acorda-se de repente e na continuação do sonho por acabar, pensa-se que ainda se é adolescente e que a mãe não tardará a chamar.
Viramos o corpo para o outro lado e sente-se na anca a velha dor e o ombro tambem faz seu clamor. O sonho enganador, dá por tudo terminado e vem a realidade.
Fiz 72 anos hoje e dei por mim a pensar em como o tempo nos foge.
Nunca liguei à idade e dela não tenho medo, julgo ser esse o segredo da minha longevidade.
De quase tudo tive o meu quinhão,
que ainda não terminou.
E tanta coisa que me apetece fazer
Conhecer, ler, escrever, ouvir, estar com os amigos, falar, cantar e rir.
E O meu voluntariado continuar.
Mas e os netos? ainda tenho que os ter...
Assim de certeza que eu não vou ter tempo para morrer
Portanto, meus amigos, não me julguem mal
Se eu quiser ser imortal.
2010/04/01 Maria- (Lisboa)

Sandra disse...

Lindo e maravilhoso poster. amei.
TEM PRESENTINHO PARA VC.
EMBORA ESTE BLOG JÁ ULTRAPSSAOU A 81 MIL VISITAS TE OFEREÇO O SELINHO DE 80 MIL..
INTERAÇÃO DE AMIGOS AGRADEÇE O SEU CARINHO E AMIZADE..
VENHA BUSCAR..
http://sandrarandrade7.blogspot.com/
VOU TE ESPERAR PARA COMEMORAR.
SEM VC. ESTE SUCESSO NÃO SERIA POSSÍVEL.
CARINHOSAMENTE EU LHE AGRADEÇO A COMPANHIA E A SUA AMIZADE.
É UM GRANDE PRAZER TER VC. POR LÁ. SEMPRE TÃO AMADO(A), CARINHOSA(S) E AFETIVO(A).
AMO QUANDO VC VEM..
SEI QUE MUITAS VEZES NÃO É POSSIVEL TE VER. MAS O MAIS IMPORTANTE QUE A NOSSA AMIZADE VIRTUAL, NÃO ULTRAPASSA SÓ A TELINHA, MAS AS FRONTEIRAS DO UNIVERSO. GRANDES AMIGOS LÁ SE ENCONTRAM.. POR ISSO VC JÁ ME CONQUISTOU..COM TODOS ESSES CARINHOS E ELOGIOS.
SER AMIGO É TER A CERTEZA QUE UMA FLOR AINDA SE ABRE NO JARDIM DA VIDA.
TER PESSOAS AO NOSSO LADO É TER A CERTEZA QUE A VIDA CONTINUA PLENAMENTE. E QUE NADA MUDARÁ O PERCURSO DA NOSSA AMIZADE. A NÃO SER A MORTE. MAS ENQUANTO HOUVER A VIDA..NOS ENCONTRAREMOS. MESMO QUE O TEMPO PASSE.. E A DISTÂNCIA NÃO NOS SEPARA.. MA A ALEGRIA DE NOS VERMOS ATRAVES DESTE MEIO, NÃO NOS AFASTARÁ TÃO CEDO..
FICO MUITO FELIZ POR TER CONQUISTADO O SEU CARINHO.. AQUI REALMENTE SOMOS GRANDES AMIGOS. POR ISSO A INTERAÇÃO DE AMIGOS AGRADECE O SEU CARINHO E PRESENÇA. SUA VISITA ME DEIXA MUITO FELIZ. SEI QUE MUITAS VEZES NÃO POSSO TE VISITAR EM FUNÇÃO DO MEU TRABALHO..MAS SEMPRE QUE DÁ UM TEMPINHO ESTOU AQUI.. PARA TE VER E DEIXAR O MEU ABRAÇO SUPER CARINHOSO. MUITO OBRIGADA POR ME AJUDAR A CONQUISTAR ESTA VITORIA.. SEI QUE MUITAS OUTRAS VISITAS E SEGUIDORES ESTARÃO POR LÁ...
VAMOS COMPARTILHAR JUNTOS ESTE CARINHO. O SELO INTERAÇÃO DE AMIGOS É O MEU PRESENTE SUPER CARINHOSO PARA MANIFESTAR E RECONHECER A NOSSA AMIZADE.
MEU MUITO OBRIGADA.

NÃO DEIXE DE PEGAR SEU SELO BLOG ORIGINAL EM MEUS MIMOS. PASSE LÁ.
http://sandraandrade7.blogspot.com
este é especial para todas as mulheres.
um grande abraço a todas.
Sandra

Agulheta disse...

Querida Dulce!Sempre atenta a escrever textos que nos fazem pensar,e este é realmente verdadeiro.Como não deixei de ler a resposta que dá a uma amiga,a mulher tem sempre aquela ternura em qualquer idade,a velhiçe está na cabeça de quem a pronuncia muitas vezes.E como diz e muito bem..." liberdade não quer dizer liberalidade".E como disse uma amiga,por vezes dói o ombro a perna,mas se teima sempre para se fazer o que gostamos,viver é preciso,eu foi avó com 47,e foi a melhor experiência da vida e linda.
Beijinho de amizade Lisa

Dulce disse...

Anonimo

Que lindo seu texto, Maria. Obrigada!
Os netos hão de vir e há de ve-los irem crescendo e abrindo as asas para o mundo, como acontece comigo que, tendo seis, já vejo os dois mais velhos cursando a Universidade, outros dois na adolescência e os menores já bem crescidinhos, com onze e quase nove anos...
Beijos

Dulce disse...

Sandra,

Muito obrigada. Que bom que gostou.
E obrigada pelo presentinho (muito significativo) que irei apanhar lá no Curiosa e guardar com muito carinho la no Livro dos Meus Selos.
Sempre é muito bom quando você passa por aqui.
Beijos e Parabéns pelas mais de 81 mil visitas.

Dulce disse...

Agulheta

Pois é, Lisa, cada época da vida tem seus encantos, sua magia.E só podemos dizer que vivemos plenamente quando vivemos cada uma dessas fases com alegria, força, sabedoria. Minha mãe costumava dizer que avó é mãe com açúcar. Pode nem sempre ser verdade, mas é uma doce maneira de designar o amor que nos toma quando ganhamos nossos netos. E olhe que eu tenho 6...
Beijos e uma linda noite para você.

Patti disse...

Também amanheceu cinzento e até um pouco chuvoso por Lisboa.
E quanto ao espírito das mulheres... vivemos uma época em que elas conquistaram um espaço que não mais podem deixar fugir: física e emocionalmente. Sempre tivemos muito para dar e agora podemos fazê-lo e com muita força e amor. E sem medo.

Dulce disse...

Patti,

Tantas gerações de mulheres vieram brigando através dos tempos para essas conquistas... Cabe-nos agora honrar essa luta e valorizar cada um dos caminhos conquistados.
bom dia, para você e que o sol volte logo a iluminar sua linda Lisboa.