floquinhos

sábado, 15 de maio de 2010

Neste enfarruscado sábado de outono...


Um pensamento de Albert Camus...



"Já se disse que as grandes idéias vêm ao mundo mansamente, como pombas. Talvez, então, se ouvirmos com atenção, escutaremos, em meio ao estrépito de impérios e nações, um discreto bater de asas, o suave acordar da vida e da esperança. Alguns dirão que tal esperança, jaz numa nação; outros, num homem. Eu creio, ao contrário, que ela é despertada, revivificada, alimentada por milhões de indivíduos solitários, cujos atos e trabalho, diariamente, negam as fronteiras e as implicações mais cruas da história. Como resultado, brilha por um breve momento a verdade, sempre ameaçada, de que cada e todo homem, sobre a base de seus próprios sofrimentos e alegrias, constrói para todos."

12 comentários:

Pitanga Doce disse...

"um discreto bater de asas, o suave acordar da vida e da esperança".

Talvez esteja próximo de acontecer. Quem sabe por isso, por aqui, o dia não esteja enfarruscado. Um Sol fraco, ameno mas que guarda novidades para o fim de semana.

Ah Camus! A esperança não jaz.

Maria Teresa disse...

Dulce:
Sem dúvida, uma visão cheia de racionalidade, apontando a importância de se entrar no mundo, a cada dia, com o pasmo de um recém-nascido, como diria Alberto Caeiro.
Beijos

Dulce disse...

Pitanga Doce

Mas que coisa mais boa, Mila!... A esperança sempre aquece a alma. Que o sol brilhe radioso, então.

Beijos

Dulce disse...

Maria Teresa

E que melhor que um pensamento de Caiero para complementar uma ideía de Camus? Lindo! Obrigada.

Beijos e um ótimo final de semana

Mariazita disse...

Dulce
Desculpe eu ir entrando assim sem avisar :), mas vi comentários seus que despertaram a minha curiosidade e a vontade de conhecer o seu espaço.
Em boa hora vim, pois gostei muito do pouco que vi.
O post anterior, por exemplo, com um poema de António Bandeira, de cuja poesia gosto imenso.
Este pensamento de Camus é bem profundo e merece reflexão.
Esperança...em quê??? Haverá, ainda, motivos para ter esperança em algo? O tema dava um interessante debate...

Vou voltar, porque gostei muito daqui. E, para não lhe perder o rumo, vou fazer-me sua seguidora.

Noite feliz. Beijinhos

Sandra disse...

OLA COMO VC ESTÁ AMIGA?
COMO É BOM VOLTAR E MATAR A SAUDADE DOS AMIGOS. SENTI A SUA FALTA. ANDO TRABALHANDO MUITO. POR ISSO SÓ VENHO NOS FINAIS DE SEMANA. MAS NEM SEMPRE DA TEMPÓ PARA TUDO E TODOS..
FICAREI MUITO FELIZ EM TE RECEBER DE NOVO NOS BLOGS.
COMO É BOM TER VOCÊ SEMPRE BEM PERTINHO DE MIM. FICO MUITO FELIZ.
A CURIOSA SE SENTE MUITO ORGULHOSA EM CONTAR CONTIGO SEMPRE EM MEUS BLOGS..
DE CORAÇÃO AGRADEÇO O SEU CARINHO E PRESENÇA.
A AMIZADE É O SIMBOLO QUE NOS UNE NESTE UNIVERSO VIRTUAL.
MUITO OBRIGADA PELA SUA AMIZADE.
SOU MUITO FELIZ EM TER VOCÊ PERTINHO DE MIM..
SEJA SEMPRE BEM VINDO.
ADORO QUANDO VEM.
UM GRANDE ABRAÇO E UM FELIZ FINAL DE SEMANA.
ATÉ MAIS,
SANDRA

CONTO COM O SEU VOTO NA CURIOSA E NA INTERAÇÃO DE AMIGOS. TOPBLOG ESTOU NOVAMENTE PARTICIPANDO. OBRIGADA PELO VOTO E CARINHO

Sonhadora disse...

Minha querida Dulce
Um texto para reflectir.

deixo um beijinho
Sonhadora

Graça Pereira disse...

Minha Querida
Sejam as pombas a trazer-nos a esperança no seu discreto bater de asas...seja o sol a iluminar o nosso dia... a verdade é que não podemos nunca perder essa flor maravilhosa...que alimenta cada amanhecer dos nossos dias.
Beijo~Graça

Dulce disse...

Mariazita

é um prazer recebe-la aqui neste cantinho, seja muito bem vinda. Agradeço sua visita, suas palavras e gostaria de dizer que fico muito feliz em saber que ficará conosco aqui no Prosa. Muito obrigada, mesmo.
Bandeira é um poeta que sempre vai encontrar por aqui e o texto de Camus serve mesmo para reflexão e isso é uma constante em toda a sua obra.
Beijos e linda noite para você

Dulce disse...

Sandra

Como sempre muito gentil, suas palavras sempre amigas e carinhosas... Muito obrigada, amiga, e saiba que é um prazer, sempre, recebe-la por aqui.
Vou sisitar o Curiosa, sim com muito prazer, para ver as novidades - e semore são muitas, não é?
Beijos e boa noite para você.

Dulce disse...

Sonhadora

Boa noite, minha amiga.
Como sempre, os textos de Camus fazem-nos refletir... Obrigada.
Beijos

Dulce disse...

Graça Pereira

Que assim seja, querida amiga, possa a esperança estar sempre em nossas almas. Muito obrigada, Graça.
Beijos e linda noite para você.