floquinhos

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Momentos que o tempo guardou...

(Retalhos de minha vida)

A semana já vai ao meio, o mês aproxima-se do fim... Ah, a implacável passagem do tempo, esse tempo que parece acelerar seu caminhar... E aqui sentada, entre fotos que tento transpor para meus arquivos, essa sensação de fuga do tempo é ainda maior... São fotos antigas, em branco e preto, trazendo de volta ao meu coração um tempo de alegrias e despreocupação bem ao jeito das meninas de outrora, das meninas que brincavam de roda, que pulavam amarelinha, caracol, que passavam anéis, que corriam pelas ruas do velho bairro... Fotos de uma jovenzinha que nem tinha grandes sonhos, mas que sabia sonhar o suficiente para enternecer sua alma... E com as fotos, as lembranças, as presenças, as saudades. E as imagens das fotos tomam corpo e inundam minha manhã... Minhas doces amigas vêm fazer-me companhia e falamos sobre nossas vidas. De algumas sei o destino, de outras o destino me separou. Lembrando esses caminhos tão doces de nossa meninice, de nossa juventude, rimos e choramos. Aqui nesta foto a Neyde sorri, sem imaginar o quão cedo esse sorriso se apagaria. Nesta outra, com a Zizinha sentadas sobre a relva do parque, vestidos lindos de domingo... Ah, aqui estão a Ruth e a Zeza num desfile escolar de Sete de Setembro... Minha irmã, já mocinha, tão linda nesta foto!
Esta era eu? Menina meio gordinha, meio desajeitada, tímida, sonhadora desde então, menina que ao transpor a adolescência viu um dia, encantada, sua imagem refletir-se esbelta no espelho de seu quarto, quase sem acreditar na mudança, menina que foi pouco a pouco se tornando mulher, mulher que enfrentou a vida, caminhou por ela e envelhece hoje senhora de si, serenamente, com a sensação de que foi um caminhar nem sempre sereno e doce, mas muito compensador.
E continuo aqui, entre as fotos, entre as presenças amigas, entre as lembranças, mergulhada numa doce saudade, enquanto lá fora o sol se espalha pela manhã desta quarta-feira, já quase no final deste primeiro mês deste novo ano...

12 comentários:

adolfo payés disse...

Perdón por mi ausencia de estos días.. no me siento muy bien de ánimos.. Ya mas tranquilo me pondré al día con sus blog.. mas adelante.
Lo siento.

Un abrazo
Saludos fraternos..

Dulce disse...

Adolfo

Lamento que não esteja bem. Espero que logo possa voltar, pleno de saude, de ânimo, porque já nos acostumamos com sua gentil presença por aqui e torcemos para que fique bem, pois isso é o mais importante.
Cuide-se, meu amigo...
beijos e fique bem.

Isa disse...

Minha Amiga querida,mais um momento seu que partilha com os Amigos que a visitam e acompanham!
Para mim é muito bom!
Beijo.
isa.

M. Lourdes disse...

Dulce
Não me diga que também foi atacada pela nostalgia?
Nos últimos tempos tenho sofrido dessa doença. Eu pensava que os culpados eram o frio e a chuva que me retinham em casa e eu ficava horas recordando, mas parece que a Dulce também está a padecer do mesmo...
Espero que venham só as boas recordações pois para sofrer já basta a saudade.
Beijinhos

Dulce disse...

Isa

Tão bom dividir nossos momentos com os amigos...
Beijos e obrigada.

Dulce disse...

Lourdes

Ah, minha amiga, não tivesse eu alma portuguesa...
Hoje, apesar do sol que reina lá fora, do dia suavemente azul, estou particularmente nostálgica... Coisas desta minha inquieta alma... rs...
Beijos e um lindo dia para você.

Pétala_Rosadinha disse...

Seu cantinho é muito simpático... acho q vou virar freguesa.

Boa tarde.

Dulce disse...

Pétala_Rosadinha

Fico feliz com sua presença nesta cantinho e espero que volte sempre, porque será sempre muito bem vinda.
Beijos e obrigada.

Pitanga Doce disse...

Dulce que volta ao passado! Se eu te disser que tudo o que tenho é apenas uma foto do primário, tirada com o mapa do Brasil por trás de mim, acreditas? Aqui em casa, ou melhor lá em casa, ninguém ligava a isso de fotos e não fiquei com nehhuma recordação nem do Liceu. Ah, eu era a magrela da turma e como era muita clarinha e o cabelo chegava á cintura o apelido era "Morticia". hehe

Dei a volta "aquele" assunto.

beijos e obrigada

Patti disse...

Uma delícia, querida Dulce! Também adoro rever-me e rever os meus nessas imagens de passados tão felizes.
E o tempo passa, oh se passa!

Lindas as meninas das fotos. :))))))))))))

Dulce disse...

Pitanga

Morticia, é??? que diferença!... rs
Bom como você vê, tenho várias fotos, de várias épocas, de um época em que era rara tirar fotos, mas repare que a qualidade delas é de doer... rs...
Ah, que bom que a volta foi dada...
Beijos e boa noite

Dulce disse...

Patti

É como uma volta ao passado, um reencontro com a menina que fui e com as amigas que tive, uma visita aos amores já partidos, enfim, uma doce viagem dentro de mim...
Na verdade, à luz do tempo, parecem-me lindas sim, todas elas... rs...
Beijos