floquinhos

sábado, 9 de janeiro de 2010

Estar em paz com a vida...


O sábado amanheceu radioso, o sol espalhando-se por sobre a cidade, um calor típico da estação prenunciando que à tarde, novamente, teremos chuvas fortes. Bill repousa sonolento entre a primavera e o vaso de manjericão, cabeça descansada sobre as patas dianteiras esticadas, olhos semi-cerrados... Sentada no terraço, enquanto saboreio meu café da manhã, ouço o alarido dos bem-te-vis que se acomodam entre as árvores e os beirais, dando ao momento uma sensação de que o mundo caminha em paz... E se a vida é feita de momentos, este é, sem dúvida, um doce pedaço da vida...
Sempre precisei de muito pouco para me sentir feliz, para me sentir em paz com a vida e comigo mesma. Basta-me saber que meus amores estão bem, que meus amigos também o estão. Basta-me ter meu canto aonde possa cultivar meus sonhos, mergulhar em meus livros e em minhas músicas do coração, onde possa sentar-me em minha poltrona predileta e deixar minha alma divagar e vagar pelo mundo em busca de seus anseios, basta-me ser eu mesma, sem máscaras nem disfarces, senhora de mim e de meu tempo...
E é assim que estou me sentido hoje, agora, neste dia de azul intenso, de sol e calor, apesar dos prenúncios de chuvas fortes à tarde e de possíveis temporais pela vida a fora...

14 comentários:

Sonhadora disse...

Dulce, minha querida

Adorei a sua forma de encarar a vida.
Com a calma que nos deve dar a idade, não que sejamos velhas...apenas mais vividas.
Tudo de bom para si e para todos os seus.

Beijinhos

Sonhadora

M. Lourdes disse...

Que bom, Dulce!
Que bom quando nos contentamos com as pequenas coisas da vida e, os momentos que parecem tão insignificantes, nos fazem estar de bem com a vida.
Deus a conserve assim, minha amiga. Olhe e os temporais da vida, é melhor não pensar neles para não os atrair...
Beijinhos

Adolfo Payés disse...

Leerte me gusto esa forma de hacerle frente a la vida..

Un beso

Me gusta como escribes amiga..

Saludos fraternos
Un abrazo

Que disfrutes del fin de semana

Dulce disse...

Sonhadora

como costumo dizer, não sou velha, sou antiga... hehehehehe...
A vida é feita de fases e cabe-nos viver cada uma delas a seu tempo... E a maturidade fez de mim uma pessoa mais serena, mais de bem com a vida.
beijos

Dulce disse...

Lourdes

Pois é, amiga, com o passar dos anos vamos aprendendo a viver e a valorizar o que realmente importa.
Os temporais cheguem quando devem chegar, até que isso aconteça (ou não) é preciso saber viver o momento.
Beijos

Dulce disse...

Adolfo

Muito obrigada.
Bom demais receber sua visita.
Beijo e bom final de semana

Dulce Braga disse...

Mais para quê?!?
bj

Dulce disse...

Dulce Braga

Pois é!... Pra que???
bj

Lídia Borges disse...

Despi-me de desejos supérfluos.
Sou Livre!

Tenho isto escrito num qualquer poema que, agora não encontro!

Sinto-me assim, muitas vezes.

Um beijo

Pitanga Doce disse...

Dulce, por aqui o calor está fora de controle, principalmente para quem foi à praia pela manhã e tem o corpo mais quente do que já é normal. A chuva não veio e quando vier...valha-nos Deus! É Janeiro!


Quanto à paz que descreves, tem todo o teu jeito, amiga.
O dia igual amanhã.

beijos da Mila (nem tanto em paz assim)

Dulce disse...

Lidia

Deve ser um lindo poema...
beijos

Vitor Chuva disse...

Olá Dulce!
Eu concordo inteiramente consigo: É verdade que se pode ser feliz à nossa medida e na medida do possível, sem que para isso tenhamos que ser donos do mundo.E a Dulce conseguiu construir o seu, rodeando-se do que gosta, do que a faz sentir bem, e nele gosta de estar - e isso é muito bom.
Que assim continue, por muito tempo, com a sua forma linda de lidar com a vida!

Beijinhos.

Votor.

Dulce disse...

Vitor
Pelo menos devemos tentar, não é? Mesmo porque ninguem é feliz o tempo todo...
Obrigada, meu amigo.
beijos e um bom domingo para você.

Dulce disse...

Mila

Nem me fale em chuva, minha amiga, que por aqui tem chovido muito mais do que deveria... Hoje o dia começou lindo, de sol, mas a tarde...

Obrigada, Mila. Paz em seu dia, também.
Beijos