floquinhos

segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

Saudade... Saudade...


Cais Vazio

Depois que te foste
sou como um cais vazio.

Faltam bandeiras , faltam apitos , faltam amarras,
Falta o navio.

(J G de Araujo Jorge)

12 comentários:

Vitor Chuva disse...

Olá Dulce!

A imagem e o curto poema dizem tudo sobre os sentimentos de quem se situa no cais olhando o navio que parte, e quem parte com ele, nada podendo fazer ... a não ser dizer adeus.
A melancolia, às vezes prega-nos a partida...
Beijinhos, e uma boa semana!
Vitor

Lídia Borges disse...

Encantadora a simplicidade de um tão grande dizer...

Beijo

Dulce disse...

Vitor

Assim é a vida... sempre há uma partida e as saudades que chegam com ela...
Beijos e boa semana

Dulce disse...

Lídia

Pois é, palavras simples, por vezes, traduzem melhor os sentimentos...
Beijos

Agulheta disse...

Dulce.A vida sempre trás saudades,quer seja nas partidas breves ou longas,espero que o novo ano tenha vindo florido e cheio de esperança.
Beijinhos Lisa

Isa disse...

Verdade,ainda hoje ñ consigo despedir-me num Cais.
Ainda dói a perda daquele Amor q. foi para a Guerra do Ultramar...
Beijo.
isa.

Fernanda disse...

Querida amiga Dulce,

Quem chega saudades mata, quem parte saudades deixa.
Algo assim se não estou enganada.

Já partiram os seus gringinhos???
Eles voltarão, porque não há melhor Vovó do que a minha amiga.

Beijinhos

Dulce disse...

Agulheta

Pois é, Lisa, há partidas temporárias como há as definitivas, todas são partes da vida e tempos que vivê-las.

O ano chegou florido, sim, obrigada. Espero que assim tenha chegado o seu.
Beijos

Dulce disse...

Isa

Posso imaginar, minha amiga, a dor dessa partida...
Beijos

Dulce disse...



Boa noite, amiga.
Não, meus gringuinhos partem amanhã e fico com a saudades até o mês de julho, quando vou para estar um tempo com eles. Foi (está sendo) maravilhoso te-los por aqui.
Beijos

Dora Regina disse...

Amiga, hoje estou me sentindo exatamente assim...
Grande abraço! Feliz Ano Novo!

Dulce disse...

Dora Regina

São dias de instrospecção, de ausência...
Feliz Ano Novo para você tambem.
Obrigada. Beijos