floquinhos

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Meus Poetas do Coração - VINICIUS DE MORAES


Parte e tu verás

Parte, e tu verás

Como as coisas que eram, não são mais
E o amor dos que te esperam
Parece ter ficado para trás
E tudo o que te deram
Se desfaz.

Parte, e tu verás
Como se quedam mudos os que ficam
Como se petrificam
Os adeuses que ficaram a te acenar no cais
E como momentos que passaram apenas
Parecem tempos imemoriais.

Parte, e tu verás
Como o que era real, resta impreciso
Como é preciso ir por onde vais
Com razão, sem razão, como é preciso
Que andes por onde estás.

Parte, e tu verás
Como insensivelmente esquecerás
Como a matéria de que é feito o tempo
Se esgarça, se dilui, se liquefaz
E qualquer novo sentimento
Te compraz.

Repara como um novo sofrimento
Te dá paz
Repara como vem o esquecimento
E como o justificas
E como mentes insensivelmente
Porque és, porque estás.

Ah, eterno limite do presente
Ah, corpo, cárcere, onde faz
O amor que parte e sente
Saudade, e tenta, mas
Para viver, subitamente, mente
Que já não sabe mais
Vida, o presente; morte, o ausente -
Parte, e tu verás...

14 comentários:

Ana Martins disse...

Que bonito Dulce,
o seu gosto por poesia é belíssimo!

Beijinhos,
Ana Martins

Dulce disse...

Obrigada, Ana.

Dificil não amar Vinicius...
Beijinhos

FERNANDA & POEMAS disse...

QUIERIDA DULCE, MARAVILHOSAS PALAVRAS , NESTE BELO POEMA... ABRAÇOS DE AMIZADE,
FERNANDINHA

Dulce disse...

Fernandinha

Grande abraço e lindo dia pra você.

M@ disse...

Amiga junta-te a nós.
Pela indignação.
Manuela

FOTOS-SUSY disse...

OLA DULCE, MAIS UM MAGNIFICO POEMA...BELISSIMA ESCOLHA...VOTOS DE UM OPTIMO DIA QUERIDA AMIGA!!!
BEIJOS DE CARINHO,


SUSY

Dulce disse...

M@

Acredite, Manuela, aqui também nos indignamos com certas atitudes de certas pessoas que não respeitam nem o nome que carregam... ou ela talvez desconheça a origem do nome Proença.
Seja como for, foi lamentável.
um abraço

Dulce disse...

Susy

Muito obrigada, amiga.
Ótimo dia para você também.
beijos

Carlos Albuquerque disse...

Amiga Dulce.
Venho visitá-la e encontro esta linda janela florida e as belas palavras do Poetinha, ele, também, um dos meus poetas do coração.
Que lhe hei-de dizer!? Obrigado!
BJS deste lado do mar

Dulce disse...

Carlos Albuquerque

Sou eu quem agradece, pela sua visita sempre bem vinda, pelas suas palavras.
Beijos

Fernanda disse...

Amiga Dulce,


Venicius é fabuloso, sempre serei fã.
A Dulce tem o dom de escolher os poemas que publica com muito carinho. São sempre lindos.

Obrigada amiga,
beijos

Agulheta disse...

Querida amiga.É dos meus poetas favoritos,este peoma dele é maravilhoso,e num belo toque da janela florida,gostei muito.
Beijinho no seu coração Lisa

Dulce disse...



Fico feliz quando gostam do que coloco aqui, porque sempre penso nos amigos antes de postar. Que bom.
Obrigada. Beijos

Dulce disse...

Agulheta

Obrigada, Lisa. Vinícios toca lá no fundo da alma, com sua sensibilidade, com o carinho que sempre colocou em seus versos. Canta o amor como conhecedor que sempre foi.
Beijos