floquinhos

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

A noite cai a cada dia mais cedo...

A chuva cai sobre a cidade...

A tarde vai pelo meio, no mostrador do relógio da cozinha, mas a noite cai rapidamente sobre a cidade nesta cinzenta tarde de chuva. Mais uma meia horinha e já se fará noite... A alma inquieta vagueia dentro de mim, fazendo-me andar pela casa vazia. Na TV de tantos canais de filmes, nenhum que prendesse minha atenção. O livro que ainda está pela metade acabou ficando esquecido sobre a cama... A música acabou por me deixar um tantinho triste, melancólica como a tarde. Não diria, como Manuel Bandeira, que só resta tocar um tango argentino, porque os tamgos trazem saudades maiores... Acho que só me resta mesmo é tentar fazer um bolo para os kids. Ó, céus, mas que tremenda falta de imaginação!... Ou seria de inspiração? Ah, isso nem é mais novidade nesta fase da vida, mas enfim... Daqui a pouco passa e eu volto a me encantar com a magia de um anoitecer chuvoso. E ainda vou ter um bolinho bem gostoso para acompanhar o chá ou o chocolate quente, logo mais a noite.

9 comentários:

Pitanga Doce disse...

Tem lugar para mais uma nesse chocolate quente? Tá seguindo mail, minha amiga.

beijos em noite bem quente.

Dulce disse...

Claro que tem, minha amiga, é só chegar...
Fico aguardando.
Beijos

Paloma disse...

DULCE, que contradição!!! chocolate
quente, noites frias, neve caindo.
E, nós aqui, com um calor infernal,
prevendo o que será o verão. Acho
que ainda preferia o frio, pois me-
lhor nos dispõe para tudo.

Beijos

Dulce disse...

Paloma

Pois é, menina! Contraste total!... Mas é assim mesmo, já que estamos em hemisférios diferentes, não é?
Também sempre gostei mais do frio e deve-se levar em conta que o pessoal daqui está completamente adaptado, as crianças tem brincadeiras de inverno, a vida tem um outro ritmo.
Beijos e uma linda noite para você.

Laura disse...

Olá Dulce, cheguei aqui pelo blogue do Osvaldo meu grande e querido Amigo, assim como a sua Ana a esposa.
Vamos estar juntos dentro de dias com nossos amigos do GT, logo o fogo só pode ser para comemorar e ele de momento está em nosso País por uns dias, logo...festeja-se quando podemos regressar à terra que nos viu nascer.

Bom chocolatinho quentinhooo que aqui vai um frio, vento e chuva.

abraço da laura

Laura disse...

ah, esqueci de dizer que gostei de cá vir, é lindo e sabe bem, aconchega a alma.

beijinhos

laura

Dulce disse...

Laura

Ah, festeja-se sim, e com muita razão. Eu que fico só uns meses por ano fora do meu cantinho, volto sempre com o coração em festa. Imagino o Osvaldo e sua querida Ana, como se sentem a cada vez que voltam a Portugal. Que seja pois uma linda festa essa do encontro de amigos. E que venham os fogos...

Seja muito bem vinda aqui no Prosa, Laura. é um imenso prazer recebe-la por aqui, viu? Obrigada pela visita e volte sempre.
Beijos, obrigada e tenha uma boa tarde, ainda que fria, como disse que está.

Agulheta disse...

Amiga Dulce.Sim toda esta época nos trás alguma nostalgia,para as crianças é um regalo.Por aqui tem feito muito frio,e olhando em volta as serras estão brancas,era para ir dar um passeio e admirar de perto,tenho o marido de cama com uma gripe,requer atenção.
Beijinho e boa estadia

Dulce disse...

Agulheta

Tem razao... para as crianças, todo esse frio, com neve, é só alegria. Por aqui ainda não começou a nevar, mas está mesmo muito frio.

Estimo as melhoras de seu marido, Lisa. E´verdade, gripe sempre requer atenção. Mas logo ele estará bem e vocês poderão passear nas montanhas brancas pela neve.
Beijos.