floquinhos

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Um dia para figas e patuás...

Um trevo de quatro folhas sempre ajuda...

É público e notório que somos um povo supersticioso. É sabido que, apesar da população, em sua maioria, professar o cristianismo, seja pelo catolicísmo ou através da imensa gama de igrejas evangélicas que se espalharam pelo país, por vezes deixa resvalar um pezinho nos terreiros. As tendas de Candomblé estão sempre lotadas, os terreiros de Macumba vão se espalhando pelos recôndidos das cidades, de norte a sul deste nosso Brasil. Os deuses africanos vão reinando, nem sempre as claras; Li faz algum tempo, não me lembro bem aonde (e peço desculpas pela informação truncada), uma citação de Levy Strauss sobre ser o brasileiro um povo estranho que ia a missa pela manhã e a noite tocava atabaques nos terreiros de macumba... Vá lá que não é bem assim, mas que somos um povo supersticioso, lá isso somos. Já repararam que ninguém passa por debaixo de escada? Que ao cruzar com um gato preto fazem logo o sinal da cruz? E quem é que deixa os sapatos com as solas viradas para cima? E o que é que se faz quando se derrama sal a mesa? E etecétera, etecétera, etecétera...
Pois meus amigos, não se esqueçam de colocar suas figas e seus patuás sob a roupa hoje, não se esqueçam de duplicar sua atenção e seus cuidados ao andarem por aí afora porque, caso não tenham ainda olhado no calendário, hoje é "sexta-feira, 13, e estamos no mês de agosto"... Hoje a noite soarão os atabaques, as encruzilhadas receberão seus despachos, os gatos pretos serão execrados, pobrezinhos. Ainda bem que a Baby (a gata aqui da casa, pretinha como um carvão) não está em terras brasileiras. E certamente por lá não sobrarão muitas galinhas pretas depois desta noite.
Não sou supersticiosa, não sou mesmo, mas já dizia minha santa avozinha que "cautela e caldo de galinha (não preta, claro) não fazem mal a ninguém, então vou aqui pondo minha barbinha de molho, porque " no creo em las brujas, pero que las hay, las hay..." (risos)...
Um dia de superstições e mandingas, uma noite de sortilégios... E a lua, como estará Dona Lua?... Cheia?... Ainda por cima noite de lobisomem??? Cruzes!... (rs)

10 comentários:

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Até ir viver para Macau era supersticioso em relação ao 13. Depois, aprendi com os chineses a ser supersticioso com o 14 ( em chinês significa morte certa e os prédios não tinham sequer 14º andar).
Finalmente curei-me. Mas como diz a minha amiga, "No creo en brujas, pero..."
Bom fds

Dulce disse...

Carlos Barbosa de Oliveira

Isso quer dizer que o número da sorte (ou do azar) varia de acordo com a nossa localização no planeta, é?
Bom, pelo sim ou pelo não, aí estão os trevos de quatro folhas para tentar evitas que o dia seja aziago (até a palavra causas arrepios... ra...)
Um ótimo final de semana para você.

Agulheta disse...

Querida Dulce.As minhas desculpas pela ausência da minha parte,mas como sabe esta altura é a mais complicada para nós Bombeiros.Enquanto os crimiinosos que chegam lume as florestas andarem a solta,para nós será difícel controlar.Pessoalamente não gosto deste dia (13) mas tudo não passrá de uma superstição,já o trevo adoro ver.
Beijinho e tudo de bom desejo.Bfs Lisa

Dulce disse...

Agulheta

Não se preocupe, Lisa. Tenho acompanhado as notícias sobre esses incêndios e logo imaginei minha amiga em muito trabalho. A irresponsabilidade de algumas pessoas causa mesmo tragédias e são os outros que acabam pagando.
Beijos

Adolfo Payés disse...

Que bello es volver a leerte.. me quedo descubriendo tus post.

Después de mi larga ausencia de nuevo por tu espacio para leerte..

Un abrazo
Con mis
Saludos fraternos de siempre..

Que tengas un bello fin de semana...

Dulce disse...

Adolfo Payés

Obrigada, meu amigo. Fico sempre muito feliz com seus comentários, com sua gentileza. E fico feliz em ve-lo de volta. Obrigada.
Beijos e bom final de semana para você também.

Zen disse...

Olá Dulce, gostei de saber tudo da sexta feira 13, você parece saber bem do assunto. Para mim é um dia de muita sorte hoje ganhei uma linda bicicleta. Um ótimo final de semana para você. Beijinho Sandra.

Dulce disse...

Zen

˜Não, Sandra, sei não... aliás, quanto mais vivo mais acho que não sei. Apenas constato e conto o que vi ou vejo enquanto vou caminhando pela vida.
Para mim, pessoalmente, é um dia como qualquer um dos outros. Mas as tradições, as crenças, fazem parte da cultura de nossa gente.
Parabéns pela linda bicicleta que ganhou e um bom final de semana, com muito sol, para aproveita-la bem
Beijos

Isa disse...

Passei pra desejar uma semana abençoada e supertições não manejam
o meu dia a dia, mas respeito quem acredita

Com carinho
Isa

Aguardo sua visita

Dulce disse...

Isa,

Muito obrigada e uma ótima semana para você também.

Para uns são pura crendice, para outros um terror, e é assim que o mundo, conservando suas adversidades, suas diferenças, torna-se um lugar muito mais interessante para se vivier, não é isso?

bjs