floquinhos

terça-feira, 24 de agosto de 2010

E a cidade vai se preparando para o Outono

(No auge do outono, esta será a paisagem por aqui - linda demais...)

O tempo continua enfarruscado, cinzento... O gramado encharcado, os pássaros calados, não há nem sombra dos esquilos que por esta hora costumam estar cruzando o gramado de lá para cá a procura de alimento... Ficam nas tocas, esperando a chuva passar. Já não faz mais tanto calor, é quase hora de remover os aparelhos de ar condicionado das janelas. Lá vem o outono, o lindo e colorido outono, com suas festas tão tradicionais por aqui, como o Halloween em outubro, o Thanksgiving em novembro. As lojas já começam a ostentar em suas gôndolas toda aquela parafernália que vai decorar casas e jardins, ruas e praças, por ocasião desses festas. A cidade vai mudando sua cara, mas continua bonita, cheia de charme. E com a proximidade do término das férias de verão, as famílias começam a voltar de suas viagens, o que ocasiona um movimento maior em todos os cantos...Os cinemas, cujos programas eram voltados muito mais para as crianças, passam a exibir uma programação mais para adultos, sempre havendo uma ou duas salas com filmes ou desenhos (maravilhosos desenhos em 3D), para os pequenos. Dentro de mais uns dias, os tradicionais ônibus amarelos começarão a circular pela cidade, levando e trazendo estudantes entre suas casas e as escolas. Com a mudança de cada estação, muda o rítmo da cidade, sem que ela perca sua calma e seu ar tranquilo, sua beleza...


18 comentários:

Lídia Borges disse...

Muito enternecedora esta linda narrativa. A melancolia do Outono vem como que para dar descanso à Natureza cansada de tanto Verão.

Um beijo

L.B.

Adolfo Payés disse...

Un aleteo vuelo por tu espacio es maravilloso..

Que tengas un lindo día..

Un abrazo
Saludos fraternos....

Menina Marota disse...

Não muito diferente do Outono de cá deste lado do Atlântico.
Bela foto, adoro andar por cima de folhas assim, a fazê-las estalar...

Bjinho

Maria Teresa disse...

Dulce:
Tanto a imagem da foto quanto a do texto embalam a alma. Que paraíso!
Beijos

Pitanga Doce disse...

Por aqui, ontem, também veio uma chuvinha só para lembrar que esse Sol não dura para sempre em terras que não são tropicais. Mas hoje o céu é aquele que tanto gostamos.

beijos Dulce e já li.

Dulce disse...

Lidia Borges

Pois é sábia a natureza que, após o esfuziante verão nos brinda com o doce e repousante outono...
Beijos

Dulce disse...

Adolfo Payés

Obrigada pela visita. Ua linda tarde para você.
beijos

Dulce disse...

Maria Teresa

É realmente um lugar lindo e tranquilo, Para esta sua amiga que vive em São Paulo, estes meses passados aqui são repousantes, ainda que assuma os trabalhos da casa e o cuidado com as crianças enquanto minha filha está no trabalho. A Calma do lugar, o viver com meus amores daqui, torna este tempo especial.
Beijos

Dulce disse...

Menina Marota

O outono no hemisfério norte tem um encanto muito especial. E uma beleza de iluminar a alma...
Beijos e obrigada.

Dulce disse...

Pitanga Doce

Uma pena, né amiga? bem que se quer reter um pouco mais o verão, o tempo...
Beijos

Agulheta disse...

Querida Dulce.Bela nerrativa do seu outono...ou seja da forma como sente nas suas palavras.Por cá o verão continua,mas com menos calor se faz sentir,o que para muitos é bom,por menos em quem o verão é o castigo dos fogos.Eu minha amiga ainda irei um fim de semana mara a saudade do mar,por estes lados onde habito tenho mais serra.
Beijinho fique bem.

Paloma disse...

Dulce,este é o verdadeiro retrato do outono. Ampliei a foto e fiquei
sem fala,extasiada com esta maravi-
lha da natureza. Esse tapete de fo-
lhas é,simplesmente,divino.É um pri
vilégio poder ver isso ao vivo.
Beijos,com carinho

Dulce disse...

Agulheta

Ah, minha amiga, sempre que possível, deveríamos mesmo ir a uma praia, andar pela areia ao amanhecer ou entardecer, sentindo a água beijar os pés descalços, apreciar o voo das gaivotas, ouvir o barulho do mar, que nos renova energias... Também moro longe do mar e mesmo aqui, em Winchester (MA) temos o mar um tanto distante.
Beijos, Lisa, e uma boa noite para você.

Dulce disse...

Paloma

Concordo com você, minha amiga. É mesmo de tirar o fôlego, é mesmo um privilégio poder estar aqui num desses momentos especiais que a natureza oferece ao homem. É muito lindo. Mas é também muito frio, viu? Por esse tempo (outubro) as temperaturas já giram em torno de zero graus centigrados... rs... Porem, não deixa de ser maravilhoso.
Beijos e uma linda noite para você

LC disse...

Dulce, boa noite, td bem?
OLha só, eu fico sempre encantada com tuas narrativas. Todas muito coloridas e cheias de vida por todo canto. Quando leio (sinceramente)sinto estar perto de vc!

Ah, me faça uma gentileza? Publique suas postagens num livro de crônicas, tá certo? rsrs... Já tem aqui uma fã que com certeza irá querer um exemplar.

Vc é fera nesse tipo de narrativas.
meu afeto, linda amiga

Lu C.

Isa disse...

Bom Dia!
Tb aqui, por Lisboa,se sente no ar,a a chegada da dita "rentrée".
Como os dias quentes passam rápido!
Beijo.
isa.

Dulce disse...

LC

Tudo bem por aqui, e com você, Lu?
Sabe, amiga, tem vezes em que fico absolutamente sem saber o que dizer, o que responder. Só digo que a melhor coisa do mundo (ou uma das melhores) é o incentivo dos amigos, as palavras de estímulo, de gentileza. Muito, mas muito obrigada. É que você me lê com olhos de amiga...
Obrigada, mesmo, beijos e uma linda tarde para você.

Dulce disse...

Isa

Este foi um verão de tantos afazeres, que nem cheguei a senti-lo como férias. Na verdade, foi bem corrido, mas sempre muito feliz.
Pensava em voltar ao Brasil em alguns dias, mas minha filha anda com um porbleminha de saúde (ciática) que não creio poder deixa-la sozinha por enquanto. Vamos ver como transcorrem os proximos dias.
Beijos, amiga e que o sol volte a brilhar sobre a sua linda Lisboa.