floquinhos

domingo, 2 de janeiro de 2011

Interpretar um poema?...


"Não tem porque interpretar um poema. O poema já é uma interpretação."

(Mario Quintana)

6 comentários:

Catarina disse...

E é mesmo!
Bonita janela! : )

Pitanga Doce disse...

Ó sim Quintana! E interpreta-se poemando assim.

Boa noite, Dulce. Espero que o "recado" tenha o destino certo. Há quem esteja deixando a chuva passar e com ela vão-se as pitangas.

Dulce disse...

Catarina

Obrigada
Uma ótima noite para você.

Dulce disse...

Pitanga Doce

Não pode, minha amiga!!! Deixar passar o tempo da colheita já é um pecado, imagine deixar que a chuva leve as doces pitangas... ora, ora, ora...
Beijo em noite enfarruscada.

Luciano Azevedo disse...

É verdade! Dizer, produzir sentidos, já é intepretar. Força sempre!!

Dulce disse...

Luciano Azevedo

Obrigada.
Um bom dia para você.