floquinhos

sexta-feira, 2 de julho de 2010

O sol, os pássaros, a poesia...

(Uma das trilhas do bosque que delimita os gramados das casas, a um lado da rua)

Acordo com o sol entrando pela janela, formando desenhos na parede do quarto... O canto dos pássaros no bosque atrás da casa é cortado pelo ruido de um avião que sobrevoa a cidade e que quebra um pouco o encantamento desta manhã azul. Saio da cama, vou até a janela para pode desfrutar um pouco mais da beleza desta manhã e, vendo o rendilhado dos raios de sol entre os galhos das árvores, as sombras desenhadas no chão formando arabescos, vão surgindo em minha minha memória alguns versos de Quintana...

Escrevo diante da janela aberta.
Minha caneta é cor das venezianas:
Verde!... E que leves, lindas filigranas
Desenha o sol na página deserta!

Não sei que paisagista doidivanas
Mistura os tons... acerta... desacerta...
Sempre em busca de nova descoberta,
Vai colorindo as horas quotidianas...

Jogos da luz dançando na folhagem!
Do que eu ia escrever até me esqueço...
Pra que pensar? Também sou da paisagem...

Vago, solúvel no ar, fico sonhando...
E me transmuto... iriso-me... estremeço...
Nos leves dedos que me vão pintando!

(Mario Quintana)

11 comentários:

Maria Teresa disse...

Dulce:
Ao abrir a janela e enxergar os olhos dos prédios em volta, imagino como você deve estar aproveitando essa maravilha cheia de verde e de azul!
Um beijo muito carinhoso.

Dulce disse...

Maria Teresa

é verde por todo o lado, já que a cidade em si é mais do que arborizada e além disso a casa limita-se com um bosque e, dentro dele (só não sei se mora um anjo... rs) tem um lindo lago.
Beijo e um ótimo dia para você.

Carlos Albuquerque disse...

O Sol, os pássaros, a poesia...
Hum!
Quer-me parecer que a Amiga Dulce está num pedaço do Paraíso.
Pois que esteja, e continue, bem o merece.
Bem o merece pela mulher sensível que é (trazer Quintana é isso mesmo) e pela avó terna, que a cada passo se revela.
Beijos

Dulce disse...

Carlos Albuquerque

Bom dia, meu amigo.
Que gentil! Obrigada!...
Realmente o lugar aqui é bem tranquilo e agradável de se viver. Venho para cá uma vez por ano para estar com minha filha e meus netos e deixo-me ficar por três meses, desfrutando da companhia e do carinho que aqui recebo.
Beijos e, mais uma vez, obrigada.

Agulheta disse...

Querida Dulce.Vejo que se encontra bem e o lugar é delicioso.Desculpa não ter sido muito presente,mas estou de férias e onde me encontro a net é realmente fraca.Me encontro sempre com lindos poemas de Qintana que adoro.Boa continuação de férias no seu paraíso e familiar.
Beijinho amigo.
Lisa

Dulce disse...

Agulheta

Muito obrigada, Lisa.
Boa continuação de férias para você também e muito obrigada pela presença.
Beijos

Anônimo disse...

Amiga Dulce, que lugar bonito onde você está, e que bom que é partilhá-lo com os amigos.
Apetece passear naquele bosque.
Um abraço pelas coisas bonitas que me tem permitido saborear.
Só "conheci" o Mário Quintana depois de "conhecer" a Dulce.
Lisboa. Maria
2010/07/02

Si disse...

3 meses de puro deleite familiar, não é Dulce?
Matar as saudades da filha e dos netos e ainda usufruir do bem estar de uma cidade tão calma, prova que, afinal 'dois proveitos cabem num saco'!

Dulce disse...

Anonimo

Tenho sempre muito prazer em apresentar os poetas de meu coração aos amigos que não os conheçam e fico muito feliz quando deles gostam. E Quintana é sempre ternura, fácil de se gostar.
Ah, Maria, mas esse bosque é mesmo um bom lugar para se passear, chegar até ao lago e desfrutar das belezas que a natureza nos oferece.
Obrigada, minha amiga, por sua presença e por sua atenção, por sua delicadeza.
Beijos e uma ótima noite.

Dulce disse...

Si

Não é fácil ter-se parte da família em outro hemisfério, as saudades batem forte, a falta é imensa, mas felizmente tenho tido essa oportunidade de, uma vez por ano, poder vir passar esses três meses com eles. E isso me dá muita alegria, mesmo. E vamos colocando dois proveitos num só saco, sim... rs... É bom demais...
Beijos e uma boa noite para você.

Pitanga Doce disse...

Ai Dulce que lugar lindo estás! Dá para escrever tanto que até Quintana ficaria cansado! hehe

beijos em noite (agora) de silêncio. Calam-se as vuvuzelas.