floquinhos

terça-feira, 6 de julho de 2010

Faz tanto calor!...

O calor por aqui está ficando insuportável! Hoje foi aconselhado, pelo rádio que, se possível, as pessoas fiquem em suas casas, com os aparelhos de ar condicionado ligados... pode? Imagine só um conselho como este dado no Rio ou em Salvador! O povo por lá quer mais é curtir o sol e o calor das praias. Mesmo porque, estamos aqui em plenas férias de verão, quando muita gente viaja, embora agosto, sendo um mês ainda mais quente, é que provoca a debandada quase que geral... Aqui na casa, a vida segue normalmente, os meninos na escola de verão, a Angélica no trabalho e eu aqui aproveitando o momento para estar com vocês e, através de algumas fotos, traze-los até aqui neste verãozão que põe uma moleza no corpo, uma vontade de deitar na rede armada sob a proteção das árvores do bosque, assim, "al dolce fare niente"... rs... Mas não dá. Hoje é dia de passar umas horinhas na lavanderia, no basement (ainda bem que lá é bem fresquinho... Então, dexem-me mostrar-lhes umas fotos, antes de partir para a obrigação.
(Para ampliar, clique nas fotos)

Ainda a decoração do 4 de julho permanece nos jardins...

... e nas casas da cidade.

Esse aparato todo é para o corte de uma árvore, numa das casas. Para cortar um árvore que tenha crescido demais e esteja enconbrindo a casa, ou com problemas, além do aval da Prefeitura, paga-se uma quantia bem alta a companhia que vem remove-la. E esse aoarato todo requer, inclusive, a presença de um policial no local (não fotografado por motivos óbvios... rs...)

Em nosso passeio a pé na manhã de ontem, até o centro da cidade, os meninos pararam para sentir o delicioso perfume das rosas plantadas em uma das calçadas... Lindas demais...

E não pude resistir... Colhi (virtualmente, claro) a mais linda e perfumada delas, para oferecer aos amigos e leitores do prosa, com muito carinho.

7 comentários:

Marliborges disse...

Ai, Dulce, quero um pouquinho de calor, não aguento mais o frio aqui, estou gelada, até os ossos! Que fotos lindas! E essa rosa, meu Deus, linda demais. Beijo amiga, aproveite bem o calor.

Paloma disse...

Dulce,sempre penso nos Estados
Unidos durante o inverno. Até
esqueço que também há verão.
Talvez seja por causa dos filmes
americanos, que nos apresentam
um inverno rigoroso. Sabe, eu já
estive no Central Park muitas
vezes, sem nunca ter ido lá.
E,sempre,este lugar estava coberto
de neve. Aliás, romanticamente,
um cenário todo branco e muito
frio. Esta é a lembrança que eu
guardo. Abraços e obrigada pelas
fotos tão lindas.

Dulce disse...

Marli Borges

Obrigada, Marli, vou aproveitar sim, cada momento, mesmo porque estou junto dos meus amores daqui e assim, qualquer momento vale muito a pena.
Deixei SP faz quinze dias e já estava friooooo, mesmo com o inverno apenas começando... imagino agora.
Beijos, obrigada e uma linda noite para você

Dulce disse...

Paloma

Pois é, o verão por aqui dura pouco, mas é causticante... O inverno costuma ser longo, mesmo porque a primavera e o outono são estações muito lindas, mas bem frias. Já passei invernos por aqui e posso lhe assegurar que é como no cinema, principalmente a época de Natal. Luzes, cores, música, o povo e as casas vestem, encarnam o Espirito do Natal. Mas... que friooooo!... cheguei a pegar 18 graus negativos naquele ano.
Beijos

Pitanga Doce disse...

Dulce, as diferenças culturais são incríveis, não? As atitudes diante do calor e até um simples corte de árvore. Ainda bem que assim é o mundo seria uma chatice sem fim. ehehe

Ah, essas rosas dando sopa nas ruas do Rio, hein?

beijos Dulce e aproveita!

Ah, o blogger hoje tá "marado", ja´viu?

Dulce disse...

Pitanga Doce

Só do Rio??? De SP também, amiga. As roseiras ficariam tristes sem suas flores que passariam a enfeitar copos e vasos nas casas... risos... Mas é cultural, Mila. Coisas que surpreendem, mesmo, como respeito e um jeito polido de tratamento entre as pessoas, sempre... Enfim, cada qual com seus costumes.
Beijos e linda noite para você.

wallper.lima disse...

Querida Dulce, fico feliz de vir aqui em seu espaço e encontrar tanta beleza, vida, cor...adorei a postagem, o jeito que vc encontrou de expor os lugares, os acontecimentos, e com um belo final, de uma rosa que modéstia parte, merecia mesmo uma foto...pois está perfeita, em seu desabrochar...como isso faz bem!
Acabei de fazer a 2ª parte de Rodin - onde mostro em texto, um resumo de como o defino, e com um desenho, fazendo uma releitura de sua obra mais conhecida - "O Pensador"...
Bjocas e tdo de bom!
Wal.