floquinhos

segunda-feira, 7 de março de 2011

Um momento de superação...


Ontem fomos ao cinema ver "O Discurso do Rei".  Wowwwwwwww!!!...
Saí do cinema embargada. Quem já viu sabe porque. Quem ainda não viu, se puder, veja.
E nem digo mais nada, deixo a emoção para o momento de ser parte da platéia.

12 comentários:

Isa disse...

Bom Dia,minha querida!
Ñ lhe disse que ia amar o filme?
Maravilha!
Ñ acha que o Prof merecia um Óscar?
Brutal o desempenho.
Vi na RTP2 uma entrevista com o neto do Professor.
A casa ainda existe,documentos escritos da preparação das aulas,
o discurso marcado com pausas,para
o Rei saber onde devia respirar e assim se sentir mais à vontade!
Sabemos que é verdade!
Que bom q vc gostou!
Beijo.
isa.

Pitanga Doce disse...

Está na minha lista, cara Dulce, quando tudo se acalmar, as ruas estiverem abertas aos "mortais" e eu estiver sozinha em casa. Gosto de ir ao cinema sozinha. Eu, mais eu! hehehe

Beijos em tarde indefinida.

Dulce disse...

Isa

Claro que sim, mereceria mesmo, e lamento que não o tenha conseguido.

Muito interessante saber que a casa e esses documentos foram preservados. São históricos.
Beijos

Dulce disse...

Pitanga Doce

Acho que você vai gostar muito. Depois me diz.
Beijos e uma boa tarde para você.

Paloma disse...

DULCE, gosto muito de cinema.Oportu
namente, irei assistir este filme.

Beijos,neste mais um dia de Carnaval.

Dulce disse...

Paloma

Vá sim, Paloma. é um filme incrível.
Beijos

Beth/Lilás disse...

OI, DULCE!
Por coincidência, ontem eu e maridex fomos ver este filme e confirmamos que merecia mesmo ganhar o Oscar.
Esplêndidas performances dos dois atores e um filme que incentiva outras pessoas a se dedicarem a ultrapassar seus limites.
adorei!
beijinhos cariocas

Dulce disse...

Beth Lilás

Um filme para se ver de novo, não acha?
Beijos

Mari Amorim disse...

Ser mulher é ser especial,
amiga Dulce
Quero abraça-la,e agradecer o carinho e a amizade,neste dia tão especial,seja feliz!
Boas energias,paz,saúde,e luz,
beijos poéticos
Mari

Dulce disse...

Mari Amorim

Ah, também acho que ser mulher é muito especial, Mari.
Muito obrigada. Retribuo seu abraço e seus votos de paz, saúde, luz e boas energias, neste dia a nós todas dedicado.
Beijos

Carlos Albuquerque disse...

Filme inesquecível!
Todo o esplendor do cinema, quando nos agarra envolvendo-nos com o belo.
Notáveis interpretações do britânico Colin Firth e do australiano Geoffreu Rush (O Alfaiate do Panamá, lembra-se?). Se fosse eu a atribuir o Oscar não sei a qual deles o entregaria.
BJS

Dulce disse...

Carlos Albuquerque

Sendo ambos merecedores, ambos deveriam te-lo recebido, um como ator principal, outro como coadjuvante, embora não consiga dizer qual dos dois foi um ou outro. Ambos maravilhosos.
Beijos, Carlos, e obrigada