floquinhos

terça-feira, 15 de março de 2011

Pensando e repensando...


Para viver de verdade, pensando e repensando a existência, para que ela valha a pena, é preciso ser amado; e amar; e amar-se. Ter esperança; qualquer esperança.
Questionar o que nos é imposto, sem rebeldias insensatas mas sem demasiada sensatez. Saborear o bom, mas aqui e ali enfrentar o ruim. Suportar sem se submeter, aceitar sem se humilhar, entregar-se sem renunciar a si mesmo e à possível dignidade.
Sonhar, porque se desistimos disso apaga-se a última claridade e nada mais valerá a pena. Escapar, na liberdade do pensamento, desse espírito de manada que trabalha obstinadamente para nos enquadrar, seja lá no que for.
E que o mínimo que a gente faça seja, a cada momento, o melhor que afinal se conseguiu fazer.

(Lya Luft)

14 comentários:

Paloma disse...

DULCE, principalmente ter esperança, qualquer esperança.Senão a vida fica sem sentido.

Beijos

diariodumapsi disse...

Ei Dulce!
Que maravilha de texto! Mas sabemos o quanto é difícil conseguir esse equilíbrio. Mas a gente vai tentando.
Parabéns pela escolha.
gd beijo

Beth/Lilás disse...

Nossa, verdade mesmo!
Eu adoro esta escritora, Lya Luft é um exemplo para todas as mulheres que estão acima dos enta.
bjs cariocas

Dulce disse...

Paloma

Ah, sim!... Esperança sempre... sem ela fica dificil.
Beijos e um bom dia

Dulce disse...

diariodumapsi

Obrigada.
Mas é preciso pelo menos tentar, sempre.
bjs

Dulce disse...

Beth Lilás

É a fase da vida dela, mulher de setenta, vivida, aberta, inteligente, sensivel, colocando sonhos, anseios, medos, tudo o que lhe vai na alma...
bja. e um bom dia

Lourdes disse...

Dulce
Tanta sensatez, mas tão difícil conseguir por em prática nos dias de hoje.Vamos tentando o que pudermos e enquanto pudermos.
Beijinhos
Lourdes

Pitanga Doce disse...

Noooossa que tenho pensado tanto. "Tira daqui, bota dali". E volta tudo ao mesmo lugar. Esperança? Vamos tendo. Um dia, quem sabe...

Beijos Dulce, com sol e vento morno.

Dulce disse...

Lourdes

e vamos fazendo o melhor possivel, e a vida também vai ficando melhor, não é/

Beijos e uma boa tarde para você.

Adolfo Payés disse...

Sabes que siempre me da un gusto tremendo visitarte..

Acariciar la mañana con tu poesía, es verdaderamente un placer....





Un abrazo
Saludos fraternos..

Dulce disse...

Pitanga doce

Não é atoa que dizem que "a esperança é a última que morre"... Vamos, lé, querida Pitanga, mantendo viva Dona Esperança lá dentro de nós...
Beijos em tarde assim, assim...

Dulce disse...

Adolfo Payés

Obrigada, fico feliz que goste das coisas que trago para este cantinho.
beijos

Vivian disse...

...não troco um dia dos
meus 'entas', por nada
deste mundo.

antes eu corria atrás do
tempo.
hoje o tempo espera por mim.

bjbj

bj, querida!

Dulce disse...

Lilian

Sabe que eu também não?...

Adorei este seu comentário! Maravilhoso!
"antes eu corria atrás do tempo. hoje o tempo espera por mim" = LINDO!!!

beijossssss