floquinhos

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

As fases da vida...


Há dias em que você acorda criança, a alma brincando de roda, pulando amarelinha, sob um céu lindo e azul de Primavera... Há dias em que você acorda adolescente, só doces lembranças, imagens, sorrisos e olhares acalentando a alma e despertando saudades imensas... Há dias em que você acorda simplesmente mulher, alma cheia de desejos, projetos, sonhos... Há dias em que você acorda madura, serena, confiante no que lhe resta para caminhar. Mas há também dias em que você acorda vazia, só querendo que haja um canto onde você possa se enrodilhar, fechar os olhos, chorar.
São as fases que todas nós, mulheres, vivemos dentro de nós. Como apregoou Cecília Meireles, em um de seus lindos e doces poemas, "temos fases, como a lua..." Tantas e tão distintas fases... De alegria, de confiança, de medo, de paixão, de indiferença, de tristeza. Tantas são as nossas fases! É como se abrigássemos várias e tão diferentes mulheres dentro de nós, quando, na verdade, é a junção de todas essas fases que fazem de nós mulheres mais ou menos interessantes, mais ou menos aguerridas, mais ou menos preparadas para os embates da vida.
E como parece ser inevitável que passemos por elas, suponho que tudo o que possamos fazer seja simplesmente aprender a viver cada uma delas e de cada uma delas tirar sempre um ensinamento, um proveito que nos permita um melhor caminhar pela vida.
Vamos recordar as fases da sensível Cecília?

Lua Adversa (Cecília Meireles)

Tenho fases, como a lua
Fases de andar escondida,
fases de vir para a rua...
Perdição da minha vida!
Perdição da vida minha!
Tenho fases de ser tua,
tenho outras de ser sozinha

Fases que vão e que vêm,
no secreto calendário
que um astrólogo arbitrário
inventou para meu uso.

E roda a melancolia
seu interminável fuso!
Não me encontro com ninguém
(tenho fases, como a lua...)
No dia de alguém ser meu
não é dia de eu ser sua...
E, quando chega esse dia,
o outro desapareceu...

12 comentários:

Isa disse...

Mas é mesmo verdade!
Há várias fases. Cecília Meireles
tem textos muito interessantes.
Beijo.
isa.

Pitanga Doce disse...

Somos tantas numa só e por vezes elas brigam entre si. Uma empurra pra frente, outra puxa pra tras.

bom dia Dulce. (aqui o Sol querendo aparecer)

Ana Martins disse...

Boa tarde Dulce,
é verdade, todos nós temos fases diferentes na vida, e, aqui você as realça e muito bem.

Beijinhos,
Ana Martins
Ave Sem Asas

orvalho do ceu disse...

Olá, querida Duca
"Tenho fases, como a lua"...
Perfeito!!!
Todos as temos...
Hoje, diria que de lua nova...
Desejo o mesmo pra vc, tá?
Um abraço fraterno e cheio de paz.

Adolfo Payés disse...

Es un placer pasar por tu blog..

Un abrazo
Saludos fraternos..

Dulce disse...

Isa

Não é mesmo?...
Beijos e uma linda tarde para você

Dulce disse...

Pitanga Doce

E dessas brigas sai o aprendizado para a vida, certo?
Por aqui, tudo nublado.
Beijos e boa tarde procê.

Dulce disse...

Ana Martins

E é preciso entende-las, não é verdade?
Beijos e linda tarde para você.

Dulce disse...

Orvalho do Céu

Obrigada. Da mesma forma para você.
Um abraço e muita luz em seus caminhos

Dulce disse...

Adolfo Payés

Também um prazer recebe-lo por aqui.
Obrigada. Beijos

Paloma disse...

Dulce,é exatamente isto que aconte-
ce.Muito bem explicado e definido.
Beijos,com carinho

Dulce disse...

Paloma

Obrigada.
Beijos para você também e uma boa noite.