floquinhos

domingo, 27 de novembro de 2011

Simples divagações ao amanhecer...


Já estava com saudades de um amanhecer assim, com o canto dos bem-te-vis arreliando a manhã... Vou abrindo os olhos devagarinho, apurando meus ouvidos, sentindo o doce aconchego de estar em casa... Afasto os lençóis, saio da cama e chego a janela na tentativa de reter a última réstia da madrugada que vai se abrindo em manhã, uma manhã de domingo que, dizem os meteorologistas, terá chuva forte no decorrer do dia. Mas chuva forte não é nenhuma novidade aqui em Sampa, principalmente nesta época do ano... Aspiro o ar fresco, um ventinho leve correndo entre meus cabelos completamente desarrumados pelo dormir horas seguidas e vou me lembrando de outros amanheceres quando, ao abrir a janela para a entrada do sol quarto a dentro, sentia dançando em mim uma alma insana e rebelde que, a muito custo era mantida em seu lugar, em seu tempo. Tempo!... Ah, o tempo, esse mestre que nos ensina sem dó nem piedade que vale mais a quietude, a serenidade, quando se caminha pelo outono da vida, quando se divisa pela frente. já bem próximo, um inverno que se espera não seja rigoroso, mas (sim!) que traga sabedoria e paz... É que, o coração que, dizem os entendidos em alma, não envelhece, vai na verdade se desgastando nos embates da vida e, com isso, fragilizando-se pouco a pouco, tonando-se cauteloso, mais realista, menos sonhador, a cada esquina desse nosso caminhar pelo tempo. 
E com isso damo-nos conta de quão precioso é  cada novo amanhecer, de quão reconhecidamente é único cada momento!

12 comentários:

isa disse...

Texto lindo,sincero,bem verdadeiro,
como aqueles que nos oferece.
Esta quadra de imensa beleza,traz com ela,sem o querer,uma grande e nostálgica saudade...
Beijo.
isa.

Dulce disse...

Isa

Muito bom dia, minha amiga
Sempre é tão bom te-la por aqui...
Sabe amiga, não dá para ser diferente, porque nesta época as lembranças dos nossos queridos que se foram parece que se multiplicam, e aí...
Mas continua sendo um lindo tempo este de Natal.
Beijos

Paloma disse...

DULCE, me identifico com o exposto em seu texto. Com o passar do tempo,muita coisa vai mudando em nós, externa e internamente.

Beijos

Pitanga Doce disse...

Eh, Dulce. Te pegou na curva, hein amiga? A gente até tenta, mas...

Beijos. Aqui tempo de chuva fraca e temperarura descendo.

Dulce disse...

Paloma

E, o mais importante é aprender a conviver com essas mudanças, já que são inexoráveis...

Beijos

Dulce disse...

Pitanga Doce

Pois é, amiga!... Acontece, né?... hehehehe
Beijos e bom final de domingo.

Maria disse...

Amiga Dulce lindissima divagação. Cada amanhecer é um novo começo, começamos a caminhada com as recordações e seguimos em frente nas asas da esperança.
Bom domingo e uma excelente semana
Beijinhos
Maria

Agulheta disse...

Querida amiga. Palavras que gostei tanto de ler,porque partilho de algumas que escreve.Um inverno volta e outras sabedorias no mostra o coração de quem fica de cabelos com alguns fios de neve.Por aqui neste lado de Portugal, algum frio e muita geada pela manhã,dizem que vamos ter chuva por estes dias,mas que fazer...O pai é grande e temos de aceitar o que ele tem para nós.
Beijinho de amizade e fique bem

Graça Pereira disse...

Um texto com sabedoria e tons de poesia...No outono da vida, cada momento se torna grandioso, diferente e único por isso, têm de ser vividos, como dizes, com serenidade e paz.
Mil beijos e uma semana cheia de manhãs bonitas.
Graça

Dulce disse...

Maria,

Obrigada, amiga...

afinal, nossos caminhos pela vida são mesmo pavimentados com as recordações, não é?

Beijos e uma boa noite para você

Dulce disse...

Agulheta

Então, amiga... o outono é uma estação tão doce que até esquecemos que ele nos leva, inexoravelmente, ao inverno... rs... Só temos que viver cada estação com sabedoria, não é mesmo?
Beijos e uma boa noite para você.

Dulce disse...

Graça Pereira

Pois, é, amiga, como diz a linda canção, é preciso saber viver... Seja lá qual for a estação, cada momento é tão precioso que não podemos desperdiças, não é mesmo?

Beijos e uma boa noite para você.