floquinhos

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Um abraço para Pitanga Doce e para Paloma...


Há momentos na vida em que ficamos sem palavras, diante da impotência que alguns acontecimentos  nos impõem. Há momentos em que gostaríamos de estar ao lado de alguém que sofre uma perda, para que ela se sinta menos só. Hoje estou me sentindo assim, por duas amigas muito queridas aqui da blogosfera que acabam de perder seu pai muito amado. Pitanga Doce e Paloma choram hoje a partida do Sr. Reis, "um português",  como Pitanga o chamou em sua postagem, com muito carinho e admiração. 

Às nossas queridas amigas só podemos dizer que oramos para que Deus o tenha em Suas mãos e para que Ele  derrame Suas bençãos sobre elas e sobre sua família, dando-lhes força e conforto neste momento tão difícil. 

Para Pitanga Doce e Paloma, meus mais sinceros sentimentos. 

Para os leitores e amigos do Prosa, um pedido: Envolvam estas duas irmãs em (ainda mais) amizade e carinho para que este momento possa ser um pouco menos duro para elas.

6 comentários:

Beth/Lilás disse...

Oh, que notícia triste! Embora elas tenham nos avisado do que estava ocorrendo, sempre temos esperanças, mas acho que o que o Sr.Reis fez neste espaço de tempo, foi se despedir devagarinho desta linda família. Que Deus o tenha!
E vamos lá dar força para nossas amigas!
um beijo grande, carioca

Dulce disse...

Beth/Lilás

Pois é! Muito triste mesmo.
Vamos sim. Vamos cercá-las de afeto.
Beijos

Pitanga Doce disse...

Obrigada Beth.

A você Dulce, um beijo por todo o carinho que sempre teve por nós. Ainda estou em "transe".

Dulce disse...

Pitanga Doce

Só o tempo, querida amiga... com o tempo a vida vai se rearranjando...
beijos e fique bem.

Paloma disse...

DULCE, minha grande amiga, obrigada pelo apoio e carinho.
Tivemos o privilégio de ter nosso pai conosco, durante muitos anos.E, talvez por isso, nos seja agora tão dificil aceitar sua partida.

Dulce disse...

Paloma

Sei exatamente como se sente porque eu me senti assim quando meu pai partiu. Ele também foi um homem maravilhoso, um pai atento, um patriarca cuidadoso, meu porto seguro...
Mas o tempo, que é o senhor de todas as coisas, e só ele, vai trazer lenitivo ao seu coração, minha amiga.
Fique bem. Beijos