floquinhos

terça-feira, 24 de maio de 2011

A dança mútua da sedução...

(Museu da Língua Portuguesa - SP)

"Não tenho medo das palavras. Embora as respeite e venere, executo com elas muitas vezes a dança da mútua sedução. São meus instrumentos de trabalho, de pensamento, de existência, de relacionamento."

(Lya Luft - "A riqueza do mundo")

9 comentários:

Lídia Borges disse...

As palavras são mágicas. Acredito no seu poder de sedução...

Um beijo

Está muito bonito, este espaço. A música convida a ficar, mais um pouco.

isa disse...

As palavras são o meu instrumento
de comunicação,como prof. e sem medo
delas...tenho-lhes mt respeito pq.
uma vez saídas...nada há a fazer.
Beijoo.
isa.

Dulce disse...

Lidia Borges

Muito obrigada. Sinta-se a vontade para aqui ficar sempre que quiser, pois sera um enorme prazer te-la por aqui, sempre.
Beijos

Dulce disse...

Isa

Mas que verdade, minha amiga!... uma vez solta, uma palavra jamais será alcançada...
Beijos, obrigada e uma boa noite.

Zé Carlos disse...

Dulce querida, obrigado pela sua visita e por suas palavras. Estou acompanhando seu blo e aguardo outras visitas suas nos outros blogs meusm

Bjs do ZC

Dulce disse...

Zé Carlos


Sou eu quem agradece pela sua presença aqui no Prosa. Seja muito bem vindo.
Obrigada, beijos e um ótimo dia para você.

Idanhense sonhadora disse...

Pessoa ! , para mim é único .
Bem-haja por tê-lo trazido , Dulce
Beijinho
Quina

Dulce disse...

Idanhense Sonhadora

De pleno acordo, Quina... Pessoa é único! Por isso ele anda sempre por aqui.
Beijo, obrigada e uma boa tarde para você.

Emoções disse...

Poetas

Poetas são flores,
Que com o tempo começam a desbrotar,
As pétalas são o pensamento,
Que ao longo vai recitar.


Poetas são estrelas a Brilhar,
As suas luzes vêem do céu,
Que com um toque de magia,
Começam a se esnpirar.

Poetas são águas,
Que vão ao rio a descer,
Vão levando as tristezas,
Que deixaram de viver.