floquinhos

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

O que torna a vida fascinante...


"Não saber exatamente o que queremos, mas procurar, achar e perder, e continuar buscando, na mais saudável inquietação, é que torna a vida tão fascinante, e faz valer a pena."

(Lya Luft)

8 comentários:

José Maria Lobato disse...

Olá, minha primeira visita aqui no seu espaço e já virei fã!!! Parabéns pelo Blogue, virei mais vezes para um olhar mais atento, com certeza!!!
Abraço Lusitano, Zé Maria

Dulce disse...

José Maria Lobato

Seja muito bem vindo, Zé Maria. Um prazer recebe-lo por aqui. Volte sempre que quiser.
Obrigada e um abraço.

Paloma disse...

Dulce,muito boa esta reflexão.A vi-
da da gente é uma enterna busca.
Beijos

AFRICA EM POESIA disse...

DUlce
obrigada pela visita

a tomar notas e a correr
Venho deixar um beijinho


NOTAS SOLTAS



Notas muitas notas...
Soltas e não só...
E eu, vou tomando notas...
Para um dia poder recordar...

Tomo notas, do céu e da terra...
Da lua e das estrelas...
E vou tomando notas...

Com o coração a bater...
E com o sentir da vida...
Do mundo e de ti...
E continuo a tomar notas...

E nestas notas, escritas por mim
Eu escrevo também para ti...
E debruço-me sobre os meus braços
E... continuo... a tomar notas!...

LILI LARANJO

Dulce disse...

Paloma

Uma eterna busca e um eterno aprender.
Beijos e boa noite.

Dulce disse...

Africa em Poesia

Obrigada, Lili. Um lindo poema, como sempre. Beijos
Tenha uma linda noite.

Pitanga Doce disse...

Dulce, "procurar, achar e perder"? Quanta injustiça!

boa noite minha amiga de Sampa. Por aqui noite de vento e alguma chuva.

Dulce disse...

Pitanga Doce

Não fosse a vida cheinha de injustiças, não é?...
Boa noite minha amiga da Cidade sempre Maravilhosa. Sua amiga de Sampa está ancorada em Campinas, em visita de matar saudades dos amores de cá. E por aqui já choveu e o tempo ficou enfarruscado.
Beijos e boa noite, amiga.