floquinhos

sexta-feira, 27 de julho de 2012

Nuvens nos céus de julho...


A sexta-feira chega prometendo um final de semana luminoso. Um sol quase de verão vem iluminando a cidade nos últimos dias, um presente para a garotada que vive um período de final de férias escolares e que, a partir da próxima semana volta às aulas. 
Quando menina, era este um período encarado com uma certa tristeza, uma vez que os dias modorrentos, sem nenhuma responsabilidade com relação a horários e tarefas escolares, eram todos voltados para as brincadeiras, para a companhia das amigas, entre risos e despreocupadas alegrias. E o azul maravilhoso dos céus de julho serviam de cenário a uma das mais lúdicas brincadeiras que costumávamos fazer: adivinhar figuras nas nuvens. 
Nas escadas que davam para o quintal, nas calçadas, em quase final de tarde, sentadas, pescoços espichados para o céu, íamos descrevendo o que nossos curiosos olhinhos desvendavam entre os flocos brancos e tecendo possíveis histórias que se desenrolariam por lá: um castelo que abrigava uma princesa solitária, um velhinho desdentado que sorria ante as lembranças de outrora, uma pastora que tangia ovelhinhas formadas em outras nuvens... Haja imaginação!... rs...  
A verdade é que, a menina que mora em mim busca ainda encontrar castelos nas nuvens, em tardes modorrentas, mas já não os encontra com tanta facilidade... Ainda que os sonhos teimem em permanecer na alma, as nuvens, misturando-se aos gases da poluição da vida moderna, acabam por tirar o brilho, a magia do momento, e a desfazer quase que por completo o encantamento de um por de sol. E, como já foi dito e comprovado antes, na vida, como na natureza, "nada se cria, nada se perde; tudo se transforma..."

7 comentários:

isa disse...

Mantemos sempre, e ainda bem, qualquer da menina que fomos, no nosso coração.
Importante pq ajuda a afastar essas
e outras nuvens...
Beijo.
isa.

Paloma disse...

Olá, Dulce. Estou novamente por aqui. Sua escrita vem mesmo a calhar. Grossas nuvens pairam,no ar, sobre nós, de vez em quando.
Mas, vamos em frente.

Beijos

isa disse...

Desculpe, Dulce... Faltou uma palavra na frase.
" qualquer coisa "...
Bom Domingo,minha querida Amiga.
Beijo.
isa.

Jeanne Geyer disse...

olá, um belo e comovente post. a menina nunca abandona a mulher, apenas fica lá no cantinho, escondida...
lindo blog, linda música, bjs

Dulce disse...

Isa

Tão bom isso, não, minha amiga?
Beijos e uma ótima semana para você

Dulce disse...

Paloma,

Que bom te-la de volta, minha amiga! Seja muito bem vinda.

Beijos e uma ótima semana para você.

Dulce disse...

Jeanne Geyer

Um prazer te-la aqui, entre os amigos do Prosa. Seja muito bem vinda e muito obrigada.

Beijos e uma ótima semana para você.