floquinhos

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Já no Espírito de Natal...


Esta á a semana do Thanksgiving. Abóboras, espigas de milho sêcas, espantalhos, decorando jardins, guilandas nas portas, preparativos para um jantar entre amigos e familiares, na quinta-feira (última do mês), na mais pura tradição aqui da terra. Mas o clima de Natal já envolve tudo e todos. As rádios já transmitem músicas natalinas o tempo todo, as lojas estão quase que completamente cobertas pelo verde/vermelho/ouro e prata, cheinhas de luzes multicoloridas, gritando que, mesmo estando ainda em novembro, "já é tempo de Natal...
As temperaturas vão ficando a cada dia mais baixas, os dias mais cinzentos. Fico aqui pensando se não seria exatamente por isso, pelo cinza, pelo frio pedindo aconchego, que as festas de Natal por aqui são tão coloridas, tão cheias de luzes, tão envolvidas em alegre e doces cantares... Porque a neve cobrindo tudo pode ser muito bonita em cartões postais, pode ser muito atraente em passeios turísticos, em temporadas de jogos de inverno, mas no dia a dia é bem difícil de ser enfrentada, quando as ruas e estradas ficam perigosamente escorregadias, quando as escolas têm suas aulas suspensas porque alunos e professores não conseguem lá chegar, quando o silêncio que se faz em torno de tudo é assustador... Sim, porque em tempo de neve paira um silêncio enorme no ar, sem o canto dos pássaros que enchem de vida o bosque e as árvores da cidade, sem o alarido das crianças, tão frequente no verão, sem um movimento maior de carros cortando as ruas... Noto também que, no inverno, as roupas ganham um colorido maior, sempre há um gorro, um cachecol ou luvas em cores vivas, principalmente vermelho, dando um toque de alegria ao vestuário carregado que a estação exige.
Então, é tempo de festas, é tempo de luzes, é tempo de alegria... E já me sentindo completamente envolvida pelo espírito de Natal, espírito que contagia o Prosa, deixamos a partir de agora um fundo músical especial para nossos amigos e leitores, enquanto começamos a decorar nosso espaço para "the Holidays Celebrations".

12 comentários:

Isa disse...

Este ano comecei a enfeitar a minha casa mais cedo!
No tempo dos meus Pais era impensável começar antes do dia 01/12. Mas acho que o tempo voa e começando mais cedo,"sinto" mais tempo esta época!
Beijo.
isa.

Dulce disse...

Isa

Sabe que eu também penso assim? É um modo de prolongar um tempo de harmonia, alegria, cores, luzes. E noto que isso acontece em todos os lugares, Talvez numa tentativa de que o Natal dure mais tempos... rs
Beijos e uma boa noite para você.

M. Lourdes disse...

Olá Dulce
De ano para ano, começamos a entrar no espírito natalício cada vez mais cedo. Eu normalmente, decoro a casa a partir do dia 1 de Dezembro, mas este ano já comecei também. Aproveito o tempo de convalescença para ir fazendo as coisas com calma.
Beijinhos
Lourdes

Paloma disse...

DULCE, por aqui já temos enfeites
de Natal por toda parte. O Shopping
Tijuca está uma beleza.A árvore de
Natal é um brilho só.
É tudo muito colorido. Só acho que
o Natal combina melhor com inverno.
Beijos

Pitanga Doce disse...

É verdade. A neve traz com ela um silêncio próprio. Dá uma parada no mundo. Precisávamos disso por aqui, minha amiga.

beijos em novembro quente e abafado.

Dulce disse...

Lourdes

Quando estou em casa também começo a decorar a casa no começo de dezembro, mas por aqui já estamos pensando em começar neste final de semana aproveitando os feriados de Thaksgiving.
Espero que sua convalescença esteja correndo tranquila, minha amiga.
Beijos e uma boa noite

Dulce disse...

Paloma

Que delícia, não, amiga, essa beleza toda?...
Mas acho que Natal combina com tudo, menina, sol, calor, frio, neve, é sempre um tempo especial, um tempo lindo...
Beijos e uma boa noite

Dulce disse...

Pitanga Doce

Uma paradinha no mundo para repensar a vida... É, minha amiga, até seria uma idéia a se considerar...

Por aqui, noite encoberta, fria...
Beijos e uma boa noite para você.

Maria Teresa disse...

Dulce:
Foi uma delícia provar um pouquinho do espírito natalino, da alegria, dos bons propósitos que todos experimentamos nesta época.
Estou ainda muito longe disso tudo, por aqui, preocupada com o casamento de minha filha, daqui a 20 dias...
Beijos

Dulce disse...

Maria Teresa

O casamento de uma filha é momento ímpar na vida de uma mulher, porque nada nos faz mais felizes do que a felicidade de nossos filhos, o ver seus sonhos sendo realizados. Parabéns aos noivos, parabéns a você e que a vida a dois que começa em vinte dias seja trilhada em caminhos de muito amor, paz, companheirismo...
Beijos, Maria Teresa e um lindo dia para você.

Agulheta disse...

Querida Dulce.Embora ausente daqui uns dias,volto com a vontade de partilhar este espaço com amigos que gosto.Falar do natal,hoje com mais idade vivo o natal como outrora,com os irmãos e pais e família unida.Hoje é doutra forma,filhos netos,genro e nora em uniãoe amor,a época assim o o exige.Peço semprepaz e amor pelo mundo fora e que todos tenham um lar.
Beijinho de amizade

Dulce disse...

Agulheta

O Natal é mesmo uma festa de família. Um momento de convivência, carinho, troca de afetos. Infelizmente meus pais, meus irmãos, já não os tenho, assim como meu marido, mas procuro fazer do Natal ao lado de filhos e netos, um momento lindo, de união e amor.
Bom te-la de volta, Lisa, sua presença é sempre uma alegria aqui no Prosa. Obrigada!
Beijos e uma boa noite.