floquinhos

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Num dia de muita saudade....

Um retrato em branco e preto.

Minha alma viaja hoje no tempo e me conduz até a porta de entrada daquela igreja onde paro para ver entrar...


 "uma linda noiva em seu vestido de cetim rebordado em fios de seda, justo, emoldurando o corpo esbelto, carregando nas mãos um bouquet formado por lindos botões de rosa, um pequeno casquetinho a enfeitar-lhe os negros cabelos, ocultos, em parte, por um véu muito branco... Entra na igreja pelo braço de seu padrinho de casamento, olhos tímidos, cheios de amor e de esperança, colocados sobre a figura alta e morena do homem que a espera no altar. Caminho ao seu lado, passo a passo, sinto o estremecimento ao toque da mão dele ao amparar a dela, o som da marcha nupcial ecoando pela nave, toda a emoção de um momento que define o início de uma nova fase de sua vida, a formação de uma família linda, a vinda de filhos maravilhosos, de netos muito amados..."

E estou hoje tão emocionada como o estava há cinquenta e quatro anos, minha doce saudade... Foram quarenta e quatro anos ao seu lado... São dez anos sem você. E só a lembrança do que fomos me permite ser o que sou, continuar aparentemente inteira em meu solitário caminhar...

12 comentários:

Graça Pereira disse...

Como te entendo...
Um beijo carinhoso a essa noiva tão linda e emocionada!
Graça

elvira carvalho disse...

Sem palavras para exprimirem o consolo que mitigue essa dor, deixo um forte abraço.

isa disse...

Assim eu choro mesmo...
Texto tão belo e tão saído do coração!
Ficou uma linda saudade!
Beijo.
isa.

ValCruz disse...

Estou emocionada.

É o que tenho pra dizer...

Sem mais.

Dulce disse...

Graça Pereira

Obrigada, Graça.
Beijo e bom final de semana

Dulce disse...

Elvira Carvalho

Obrigada, Elvira.
Um abraço e um bom final de semana para você

Dulce disse...

Isa

Sim, ficou mesmo... Um delicado trabalho do tempo esse de transformar uma grande dor em uma doce saudade...

Beijos e um bom final de semana

A. João Soares disse...



Amiga Dulce,

Desejo que esta quadra festiva seja passada com o maior prazer e esperança de que o próximo ano não seja tão mau, como por aí se diz.
Que o blogue continue com sequência a defender a verdade e as melhores soluções para os portugueses.

Abraço
João

Dulce disse...

ValCruz

Obrigada, Val.
Sua presença vale por todas as plavras... Obrigada.

Beijos

Dulce disse...

A. João Soares

Obrigada João. Desejo o mesmo para você.E seguimos pelo Novo Ano sempre com a esperança no coração, esperança de melhora aquém e além mar...

Um abraço e um bom final de semana

Maria Teresa disse...

Dulce:
Fiquei um pouco distante e, ao voltar, encontro esse texto mais que comovente! Lindeza de relacionamento - tão raro hoje em dia e tão terno - nunca deixa de viver, mesmo que seja na transparência da lembrança. Isso é porque ele existe como estigma no lugar mais sagrado do coração.
Beijos

Academia Santa Maria disse...

Ola Dulce, peguei uma foto sua emprestada vc e sua irmã de 10 anos, fiz umas melhoria nela.
Quero enviar para vc, tenho certeza que vai gosta.
Meu e-mail:
humberto-fernandes@ig.com.br
Entra em contato comigo.
Gostaria de restarar outra fotos suas. Como do seu casamento.
xxxx