floquinhos

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Niemeyer, um pioneiro...


A Nação se despede de seu mais ilustre arquiteto...

Oscar Ribeiro de Almeida de Niemeyer Soares, nome dos mais influentes na arquitetura moderna, pioneiro na exploração das possibilidades construtivas e plásticas do concreto armado, mundialmente famoso desde a década de quarenta, parte hoje para a Pátria Espiritual, deixando atrás de si um legado de arrojo, de inovações, invejável. 


Seu melhor cartão de visitas, sem dúvida, é Brasilia,

 mas não dá para não lembrar da Igreja de São Francisco, na Pampulha, em Belo Horizonte, 

do prédio do MAC em Niteroi, 

do Memorial da América Latina, em São Paulo, entre tantas outras magníficas obras arquitetônicas deixadas por ele.

Nossa homenagem e nossos agradecimentos a esse brasileiro que fez por onde honrar a sua terra e a sua gente.


8 comentários:

✿ chica disse...

Linda homenagem.Ele foi maravilhoso.Soube viver e fez muito! beijos,chica

Pitanga Doce disse...

Pois é. Só hoje fiquei sabendo e lá pela Beth/Lilás. É uma pena. Além de todo o talento...todo o bom humor.

"Existem apenas dois segredos para manter a lucidez na minha idade: o primeiro é manter a memória em dia, o segundo eu não me lembro."


Beijos, Dulce e tomara que este comentário entre.

Pitanga Doce disse...

Pois é. Só hoje fiquei sabendo e lá pela Beth/Lilás. É uma pena. Além de todo o talento...todo o bom humor.

"Existem apenas dois segredos para manter a lucidez na minha idade: o primeiro é manter a memória em dia, o segundo eu não me lembro."


Beijos, Dulce e tomara que este comentário entre.

Dulce disse...

Chica

Um homem raro, realmente. Centenário, ainda lúcido, costumava cuidar das coisas de seu escritório, acredita?

Beijos

Dulce disse...

Pitanga Doce

Além de um maravilhoso bom humor, não é mesmo?

Beijos

isa disse...

Boa tarde,querida Dulce.
O meu marido era projetista e admirava mt Niemeyer.
No Facebook evoquei-o e o meu filho Nuno, de mt longe,onde se encontra(Pristina, Kosovo)deixou isto:

"ele é muito interessante a falar. e ouvi-lo tb vale a pena, naquele seu tom pausado, com a caneta na mão. aqui há uns anos deram um documentário na RTP2 que era um encanto, porque lhe dava muito espaço para falar. e vê-lo desenhar, com aquela leveza nos traços, era muito bonito".
E tem razão.
Beijo.
isa.

elvira carvalho disse...

E o mundo ficou mais pobre.
Um abraço

Dulce disse...

Elvira Carvalho

Sem a menor dúvida.

Um abraço