floquinhos

quinta-feira, 14 de junho de 2012

Golas e apliques


Festejando o centenário de Jorge Amado, a Rede Globo traz o "remake" de Gabriela, num novo horário de novelas. A primeira Gabriela foi Sônia Braga, esbanjando sensualidade e beleza na telinha, o que fazia até os homens, que por aqueles tempos não assistiam novelas, "que não era coisa pra macho", arrumarem uma desculpinha para ficarem na sala naquele horário, assim como quem não quer nada...  A Gabriela de agora é a linda Juliana Paes, e ninguém mais precisa se desculpar por ficar na sala porque novela virou mania nacional.


Mas o que provocou esta postagem não foi a beleza das "Gabrielas", e sim a beleza das golas e apliques de renda que ornamentam os vestidos das senhoras de Ilheus. Talvez nossos leitores nem tenham reparado nisso, nas chamadas, mas eu gosto muito de renda colocada assim, em forma de gola, num aplique, como entremeios. Claro que está em desuso, pode até estar fora de moda, mas nem por isso deixa de ser bonito. E imagina-se que as rendas ostentadas pelas senhoras dos coronéis chegavam-lhes da França, ou da Bélgica, onde também as rendas sempre marcaram presença.  Que primor! 


Eram outros tempos onde a elegância era ponto de honra para as mulheres que não saiam às ruas sem chapéu, luvas, bolsa e sapatos combinando. Hoje a moda lhes dá mais liberdade e as mulheres andam até abusando dela, descontraídas ou afetadas, misturando tudo, em resultados, vez por outra, agradáveis de se ver. Mas como a moda é um reflexo do tempo em que se vive e vivemos tempos conturbados...

19 comentários:

isa disse...

Minha querida Dulce,como gostei dessa novela!
Meu Deus, Portugal parava para ver Gabriela,Mundinho,Nacib,etc.
E adorava!
Tb gosto de combinar carteira com sapato apesar de já ñ ser in...Mas eu gosto e o in faço eu...
Beijo.
isa.

Victor Gil disse...

Amiga Dulce.
Esta foi a primeira novela que apareceu em Portugal, vinda do Brasil. Quase ninguém esquece. Foi uma pedrada no charco das programações televisivas, que até aquela altura tinham sido condicionadas pela ditadura fascista de Salazar.
Sónia Braga, selvagem e bela. Acho que vi todos os episódios, ou quase. Hoje, novela é banal. Além disso, também já se fazem por cá, faz algum tempo e também já se fazem com intercâmbio de actores dos dois países.
Beijinhos
Victor Gil

Pitanga Doce disse...

Sim Dulce! Vai ser um desfile de formosura e sensualidade. O elenco também foi escolhido a dedo e ninguém poderia fazer Gabriela tão bem, apesar da atriz ter mais idade do que na verdade tinha a personagem. Mas quem teria seu talento, graça e a dicção perfeita?

Vai ser novelinha para ficar com os olhinhos bem abertos até tarde porque quando tiver futebol e outros "que tais"...vai varar a madrugada.

Boa noite, Dulce! E esquentou outra vez por aqui!

Ana Martins disse...

Dulce, boa noite!
Lembro-me muito bem dessa novela, era ainda muito jovem, mas gostei muito!

Quanto à moda, mudou muito sim e também gosto de combinar a carteira com os sapatos. Quanto a chapéus, leques e luvas, muito honestamente dispenso. Não é que não goste, mas não gosto em mim. Gosto de simplicidade.

Beijinho,
Ana Martins

Dulce disse...

Isa

Está certíssima, minha amiga. Devemos usar o que gostamos, o que nos deixe à vontade, fazer nosso próprio in, sim... porque não?

Beijos e uma boa noite para você

Dulce disse...

Victor Gil

É verdade. Temos tido por cá, também, alguns atores portugueses em nossas novelas, fazendo muito sucesso, como Ricardo Pereira e Paulo Rocha. Esse intercâmbio traz sempre ótimos resultados.

Beijos e uma boa noite para você.

Graça Pereira disse...

Vi a primeira Gabriela e o país parava completamente. Nessa altura, o meu filho teria 2/3 meses e ficava quieto, caladinho quando ouvia a música - a primeira que ele cantou uns meses mais tarde! Adorei esta novela e a Sônia Braga.
As mulheres dos coronéis primavam nas suas toiletes e as rendas eram indispensáveis. A Juliana Paes também é muito bonita e fará por certo um sucesso como aconteceu com a primeira Gabriela.
Beijos.
Graça

Dulce disse...

Pitanga Doce

Mas Sonia Braga também não era uma adolescente quando fez a sua Gabriela. E Juliana Paes é de uma beleza estonteante e pelo que já se pode ver, está muito bem no papel. E o elenco está mesmo primoroso. Imagine o versátil Marcelo Cerrado vivendo Tonico Bastos... Vai ser impagável. Vai valer a pena ir pela noite a dentro... rs
Faz muito tempo que não acompanho novelas, mas essa vou querer ver, sim. Nunca dispenso uma obra de Jorge Amado. Só espero que eles não alterem muito a história.

Beijos e uma boa noite para você
(Por aqui, noite agradável, finalmente)

Dulce disse...

Ana Martins

Que bom que temos hoje liberdade para fazer nossa escolha, não é? Também gosto de combinar, e gosto bem de umas luvinhas. Mas chapéu não me cai bem. Não tenho um rosto que peça um chapéu, o que é uma pena, porque num dia de verão é um lindo protetor contra o sol e no inverno é um toque a mais de elegância que eu gostaria de poder usar, mas meu espelho dia "não! de jeito nenhum!" hehehehe...

Beijos e uma boa noite para você

Dulce disse...

Graça Pereira

Os bons trabalhos ficam para sempre, não é mesmo? Gabriela foi um marco e espero que esta segunda representaçao fique à altura da primeira. Elenco escolhido a dedo, bom diretor, vamos aguardar.

Beijos e uma boa noite para você

Beth/Lilás disse...

Dulce querida,
Pois é, vem aí a nova Gabriela, mas espero que com pitadas inteligentes de W.Carrasco que admiro demais em suas sacadas inteligentes quando escreve.
Eu também vi a primeira Gabriela e vibrava com a beleza de estória do inesquecível Jorge Amado.
Um fato interessante e que vou contar aqui para você e seus amigos de além mar é que a primeira Gabriela, a atriz Sonia Braga, mora aqui em Niterói num bairro perto do meu e noutro dia eu fiz compras ao lado dela num Hortifruti. Ela sempre está de preto, toda vestida assim, calça meio larga, cinto, camisa tipo de homem, preta, mochilão preto, tênis, óculos preto e chapéu. Não adianta disfarçar muito, pois todo mundo sabe que é ela por aqui, mas quem não sabe, passa despercebido por aquela mulher branca demais, magra demais, sem a mínima lembrança da Gabriela do passado.
E pasmem! A nova Gabriela, Juliana Paes, também é de Niterói, toda sua família mora aqui noutro bairro bem pertinho de mim e tem um salão de beleza que vez em quando vou lá, tem o nome dela e fotos dela espalhadas pelas paredes. As duas irmãs e a mãe trabalham lá direto.
Portanto, as Gabrielas são niteroienses da gema!
Que coincidência incrível né mesmo?
E vamos conferir as golas e roupitchas de época que eu gosto demais também.
beijos cariocas

Pitanga Doce disse...

Ainda não percebi quem vai fazer o papel de "Zarolha", pesonagem da Dina Sfat.

Sim, Marcelo Cerrado em Tonico Bastos será imperdível. José Wilker não era o Edmundo Falcão (Dr. Mundinho), que hoje interpreta o temivel "coronel"?

Quanto a alterarem a história, seria uma heresia. hehe

É Dulce, finalmente uma novela que se consiga ver, porque o que anda por aí...

Pitanga Doce disse...

Tem razão a Beth/Lilás. Sonia Braga abdicou de sua beleza e sensualidade quando resolveu "americanizar" e andar feito um Michael Jackson de saias (no caso, calças, mesmo) heheh. Fez filmes e alguns seriados nos "estates" e voltou meio esquisitona. Já nem queria que lembrasse a Gabriela, mas ao menos a Julia de Dancin Days.

A saber: Juliana Paes também "amorenou" mais a pele.

Dulce disse...

Beth/Lilás

Pois é, minha amiga, mesmo antes de deixar o Brasil Sônia Braga já não tinha na vida real o glamour que exibia nas telas e não era raro não ser reconhecida nas ruas.
Depois que foi para os States, sentiu-se talvez uma Greta Garbo e acabou perdendo as medidas.

Sei que há um número muito grande de "globais" que escolheram Niteroi para morar, talvez por ser um lugar mais tranquilo do que o Rio para se viver, quem sabe? E quando quiserem um pouco mais de agiração, é só atravessar a ponte, não é?

Beijos e um bom dia.

Dulce disse...

Pitanga Doce

O que é uma grande bobagem, não acha? Ela nem sequer virou "star" por lá! Veja o gatíssimo Rodrigo Santoro! Um "amor de pessoa"... rs... Bem mais conhecido do que ela foi por lá e continua igual.

Beijos e um bom dia para você.

Pitanga Doce disse...

Dulce, tás enganada. Ele não está igual. Está muuuito melhor. Em todos os sentidos. ehehehe

Dulce disse...

Pitanga Doce

hehehehe... tem razão.

Beijos

Anônimo disse...

Boa noite Dulce,
falando em rendas e na Gabriela de seu Nacib, tenho desse tempo uma bela toalha de renda que foi feita enquanto vi a telenovela, chamo-lhe a toalha da Gabriela.
Aprecio as rendas e esta semana fiz um quadradinho de crochet para "tapar" uma mancha de tinta numa tea-shirt do meu "apego".
Um abraço e uma boa semana.
Celene
2012/06/16ourament

Dulce disse...

Celene

Nada como a criatividade, não é mesmo? Além de esconder a mancha, ainda deu um toque diferente à peça.

Um bom dia para você