floquinhos

sexta-feira, 18 de maio de 2012

Aprendendo com o tempo...



Depois de algum tempo você aprende a diferença, a sutíl diferença, entre dar a mão e acorrentar uma alma. E você aprende que amar não significa apoiar-se, e que companhia nem sempre significa segurança. E começa a aprender que beijos não são contratos e presentes, não são promessas. E começa a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante, com a graça de um adulto e não com a tristeza de uma criança...

(William Shakespeare) 

9 comentários:

elvira carvalho disse...

É amiga, o tempo é o melhor dos mestres.
Um abraço e bom fim de semana

Lídia Borges disse...

Uma dádiva, este texto, esta forma altruista de amar, de crescer sem ressentimentos nem mágoas.

Um beijo

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

A idade confere-nos a sabedoria necessária para amortecer as (des)ilusões...
Bom fds, Dulce

Lau Milesi disse...

Olá Dulce, como vai?

Aprecio muito essa citação de Shakespeare. Concordo que o tempo é o nosso melhor amigo.
Um abraço e bom domingo!

Dulce disse...

Elvira Carvalho

Sem a menor dúvida, Elvira.

Um abraço e lindo domingo para você

Dulce disse...

Lidia Borges

Próprio de almas genrosas, não é?

Beijos e um bom domingo para você

Dulce disse...

Carlos Barbosa de Oliveira

É verdade, meu amigo. Aprendemos a conviver melhor com as (des)ilusões.

Beijos e bom domingo para você.

Dulce disse...

Lau Milesi

Tudo bem, e com você?

Sim, em muitos casos, um bom amigo que nos ajuda a vencer dificuldade, desilusões, imaturidade...

Beijos, obrigada e um bom domingo para você também

Maria Rodrigues disse...

Querida amiga a vida nos ensina até partirmos.
Bom domingo
Beijinhos
Maria