floquinhos

segunda-feira, 16 de abril de 2012

Sempre temos os versos...


Pois é, meus amigos, o Prosa anda cheio de preguiça, com aquela vontadinha de ficar calado, na maior falta de assunto... Ainda outro dia, minha amiga Pitanga Doce me perguntou se eu havia me dado conta do marasmo que anda rondando grande parte dos blogs e eu disse que sim, que já havia notado isso, inclusive com referência aos meus Prosa e Cidades. Podemos até dizer que deve ser uma fase, ou talvez, quem sabe(?), apenas um cansaço passageiro, o que seria contornado com sairmos em busca de novos assuntos... Mas, que assuntos? A vida lá fora anda a cada dia mais difícil e mais sem graça, cheia de incertezas e insegurança, E, mesmo que não possamos ignorar esse fatos, nossos leitores não são obrigados a se entristecerem com os acontecimentos que enfeiam nosso dia a dia. 
Ao mesmo tempo, não teria graça nenhuma ver um blog metido a literário falar de culinária, ou pior ainda, vê-lo transformado num "mexericos da Candinha", mesmo porque, este último pode ser encontrado, por quem goste, nos blogs sobre TV e cinema, prata da casa quando se trata da sétima arte.
Também não consigo ver o Prosa apresentando receitas de crochê - embora o crochê sempre tenha feito parte de meus dias de ócio - ou falando de culinária - mesmo que aqui em casa, os finais de semana sejam consumidos em grande parte na cozinha, ao lado do filhote, que tem na gastronomia seu hobby favorito não  perdendo nem para a música (e devo confidenciar que ele só cozinha com um lindo fundo musical, unindo assim duas de suas três maiores paixões). 
O Prosa é o Prosa, ora!... E só consegue sobreviver entre a prosa e o verso. Verso é fácil, temos tantos poetas maravilhosos em nossa língua portuguesa, não é mesmo? Agora... Prosa?... Bom, prosa vai depender mesmo da inspiração desta velha amiga e, meus amores e meus amigos, essa tal de inspiração continua brigada comigo... rs... 
Por isso, se vocês notarem que o Prosa vai ficando muito mais tempo em versos, sejam pacientes com ele, por favor... A prosa vai se achegar aos poucos, na medida em que a vida  se abra um pouco mais para o belo, na medida em que a inspiração resolva fazer as pazes comigo...

13 comentários:

Pitanga Doce disse...

Ah minha amiga, que assino embaixo de tudinho, viu? Se nos metermos em outros caminhos que não o nosso, os blogs ficam com aquele jeito de boneco montado, que a cabeça não pertence ao corpo. Inspiração, até que temos Dulce, mas é para deixar transparecer o que já descreveste aqui e então, vai sair lágrima quando os amigos abrirem a página. Vá! Põe os teus versos que eu lanço mão das imagens e umas poucas palavras. E para não perder a piada, sempre existe o boletim meteorológico. hehe

Beijos Dulce. É Outono!

Dulce disse...

Pitanga Doce

Ah, minha amiga... É isso mesmo. Você completou o pensamento.
Então vamos lá entre versos e imagens, tentando fazer o trem voltar aos trilhos. E sabe que o boletim meteorológico, que ajuda tanto as conversas nos elevadores, até que pose ser uma boa idéias? hehehe...

Beijos e uma boa tarde para você

isa disse...

Tal como a Pitanguinha diz...assino
por baixo.
Sabe,a turbulência que por aí anda,
os problemas dos meus Filhos,sei lá,
tem contribuído para um certo cansaço meu.Como ñ a entender,logo a si que tanto admiro e de quem tanto gosto?!
Mas tudo se irá compor se Deus quiser!
Com muita ternura,
Beijo.
isa.

Agulheta disse...

Amiga Dulce.Tem muita razão no que aqui escreve,mas tenho a impressão que são fases,eu pessoalmente tenho pensado em só escrever duas vezes na semana.Pela minha parte penso que um blog de um cerro estilo não pode entrar pela "baixaria" mas vejo muitos por aqui,não só de falar mal da vida alheia,como ser uma vitrina de vaidades,já liguei mais do que ligo.Pode estar certa que virei por aqui sempre e de bom grado,pelas palavras,música,e palavras escritas aqui.Agora me desculpe estes dias,mas tenho andado com uma alergia nos olhos e tenho alguma dificuldade em estar por aqui.
Beijinhos fique bem

Paloma disse...

DULCE, que direi eu, então? Até hoje ainda não consegui fazer uma página, em condições. Assim, limito-me, na maioria das vezes, a passear pelos blogs alheios. Aí,sim, encontro imagens e textos que valem a pena.
Amiga,quero muito estar sempre em contato com voce. Além do Prosa,gosto muito do Cidades,quando voce nos leva a conhecer o nosso belo país.

Beijos

Graça Pereira disse...

Minha Querida
Já te disse uma vez: tu és a pessoa aqui na blogesfera, que fala do quotidiano com a maior poesia que eu conheço...Adoro o teu modo de apresentar as coisas mais simples com um colorido que aquece o coração!
Em prosa ou em verso, é sempre uma alegria e prazer, ler-te!
Mil beijos e uma boa semana.
Graça

Dulce disse...

Isa

Obrigada, querida amiga. Também a quero muito bem, viu? E vamos seguindo em frente, não é? Aos poucos vamos vencendo esta fase, espero...

Beijos e uma linda tarde para você

Dulce disse...

Agulheta,

Pois é, Lisa, e é por isso mesmo que também tenho escrito menos, porque acho que devemos conservar a essência do que nos propusemos a fazer.
Nâo há porque pedir desculpas, minha amiga. Só espero que fique bem. Seria a alergia própria da chegada da primavera, devido ao pólem? Minha filha passa por isso e já está sentindo os efeitos...

Beijos e melhoras para você

Dulce disse...

Paloma

E, no entanto, minha amiga, seu espaço é um lugar muito especial a se estar... Aos poucos você foi conseguindo um blog bonito e foi atraindo muitos e bons amigos para lá...

Beijos e uma boa tarde para você

Dulce disse...

Graça Pereira


Você é uma amiga muito especial, sempre com uma palavra boa, o que me faz enorme bem. Muito obrigada.
Muito bom te-la por aqui, viu? E que bom que faz deste espaço um lugar a se visitar.

Beijos e uma linda tarde para você

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Creio que isso acontece a todos os que andamos há muitos anos na blogosfera, Dulce. São fases, mas depois regressamos ainda com mais força.
Beijinho

Ana Martins disse...

Dulce, boa noite!
Os amigos do "Prosa" já se habituaram à qualidade do que aqui é postado, seja prosa ou poesia e, por isso mesmo, voltarão sempre!

Beijinho,
Ana Martins

Dulce disse...

Ana Martins

Obrigada, Ana. De certeza, a poeis sempre vai estar por aqui para receber os amigos e leitores do Prosa com muito carinho.

Beijos