floquinhos

sexta-feira, 13 de abril de 2012

Por quê?... Por quem?...


Versos Brancos

(Guilherme de Almeida)

Uma fina saudade vai varando
a quietude cansada do meu tédio. 
Mas saudade do quê? de quem?...


Os dias
são bolas de cristal, azuis, polidas,
lisas, sem uma aresta traiçoeira
em que venha prender-se e estraçalhar-se
o véu de um pensamento de outros tempos,
sem nem o esconderijo de uma nuvem
onde fique o olhar longo de outrora
olhando para as cinzas deste instante,
nem uma sombra forte em que se oculte
um pedaço perdido do passado...
Tudo em torno de mim é luminoso,
alto e macio, deslizante e lindo,
tudo é apenas um lúcido presente:
é a negação perfeita da saudade...


E no entanto - por quê? por quem?... - eu vejo
e ouço passar na terra a minha vida
cantando uma cantiga vagarosa
de água que leva flores na descida...

15 comentários:

Lau Milesi disse...

Belíssimo, Dulce. E ainda ao som de Blue Moon...
Parabéns pelo talento e pelo bom gosto musical.
Um grande abraço.

Pitanga Doce disse...

Perguntinhas difíceis, hein, amiga? Esses poetas...

Boa tarde Dulce! Sol, aqui mais acima.

Paloma disse...

Dulce, sempre que se fala em saudade, me vem a idéia uma definição simples, mas muito verdadeira:¨Saudade, palavra triste, que traduz tão amargor. Saudade é como se fosse espinho,cheirando a flor¨.

Beijos,com a admiração de sempre.

elvira carvalho disse...

Gostei do poema. Guilherme de Almeida? Não me lembro do nome decerto é a primeira vez que leio.
Obrigada pela partilha.
Um abraço e bom fim de semana

Graça Pereira disse...

Um poema que me enterneceu pela sua beleza e a música cadente do Blue Moon...uma página que lembra visa.
Beijo e bom fds
Graça

Dulce disse...

Lau Milesi

Muito obrigada, Lau. Que bom que gostou.

Beijos e um bom final de semana para você

Dulce disse...

Pitanga Doce

Pois!... ra...
Ainda bem que eles fazem essas perguntinhas por nós, né não?

Beijos e um bom final de semana pra você.

Dulce disse...

Paloma

Menina!... que bom ver você por aqui, que bom sabe-la bem!...

Gostei das definições. Bem verdadeiras, mesmo...

Beijos e um bom final de semana para você

Dulce disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Dulce disse...

Elvira Carvalho

Guilherme de Almeida foi um poeta paulista (1890/1969), eleito o principe dos poetas brasileiros.

Para você, um dos Haicais dele -

"HORA DE TER SAUDADE

Houve aquele tempo...
(E agora, que a chuva chora,
ouve aquele tempo!)"

Beijos e um bom final de semana para você

Dulce disse...

Graça Pereira

Obrigada minha amiga, e um bom final de semana para você também

Beijos

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Pergunta pertinente...
Bom fds
Beijo

Dulce disse...

Carlos Barbosa de Oliveira

Não é mesmo?...

Beijo e uma boa noite para você

Maria disse...

Excelente escolha minha amiga, lindo poema.
Bom restinho de sabado e um domingo maravilhoso.
Beijinhos
Maria

Dulce disse...

Maria

Obrigada, minha amiga.
Beijos e um lindo domingo para voce